EUA multa empresa chinesa em US$ 1,5 milhão por roubo de tecnologia

Empresa Sinovel, fabricante de turbinas eólicas, recebeu um ano de prazo para pagar multa como forma de que possa cumprir com pagamentos de compensação

A empresa chinesa Sinovel, fabricante de turbinas eólicas, foi condenada a pagar uma multa de 1,5 milhão de dólares por roubo de tecnologia da empresa americana AMSC.

Um tribunal apontou que o roubo custou à AMSC perdas superiores a 550 milhões de dólares, disse o departamento de Justiça na sexta-feira.

A empresa chinesa recebeu um ano de prazo para pagar essa multa como forma de que possa cumprir com pagamentos de compensação já comprometidos em um acordo com AMSC.

A Sinovel já pagou 32,5 milhões de dólares à sociedade esta semana e pagará 25 milhões suplementares no ano. Também deverá pagar indenizações suplementares de aproximadamente 850.000 dólares às vítimas, disse o departamento.

Em 24 de janeiro, a Sinovel havia se declarado culpada por roubar uma tecnologia de AMSC que lhe custou 800 milhões de dólares e lhe gerou dificuldades financeiras.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.