Embraer diz que fluxo de caixa será negativo em US$400 mi

Segundo Embraer, a mudança é consequência, principalmente, da não concretização de receitas previstas e do aumento nas contas a receber

São Paulo - A fabricante de aeronaves Embraer reviu nesta quarta-feira sua projeção de fluxo de caixa livre em 2014 de levemente positiva em dois dígitos para negativa da ordem de 400 milhões de dólares, segundo fato relevante.

A projeção anterior havia sido divulgada em fevereiro do ano passado.

Segundo Embraer, a mudança é consequência, principalmente, "da não concretização de receitas previstas e do aumento nas contas a receber, refletindo um alongamento no prazo efetivo de pagamento por parte de alguns clientes".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.