Elo deve acelerar crescimento do BB no segmento de cartões de crédito

Aceitação da bandeira, que chegou há cerca de um mês no mercado, está indo muito bem, afirmou banco

São Paulo – A aceitação da bandeira de cartões de crédito Elo, criada a partir da parceria entre Banco do Brasil, Bradesco e Caixa Econômica Federal, está indo muito bem, afirmou, nesta terça-feira (10/5), Paulo Rogério Caffarelli, vice-presidente do Banco do Brasil, em coletiva com a imprensa.

Com pouco mais de um mês de operação, mesmo sem revelar números, o executivo disse que, em cinco anos, a bandeira deve conquistar 15% de participação no mercado. Além de trazer redução de gastos para a instituição. 

 “Calculamos uma economia de cerca de 1 bilhão de reais até 2015”, afirmou Caffarelli. O valor refere-se a royalties pagos às bandeiras Visa e Mastercard. “Até o preço do plástico que compramos para confecção dos cartões poderão sofrer redução, uma vez que vamos negociar volumes maiores”.

O cartão Elo foi criado para atender as classes C,D e E e, principalmente, pessoas que não possuam conta corrente. Segundo Caffarelli, o elo  será também uma porta de entrada para atrair mais clientes para o banco. 

Concorrência 

O Banco do Brasil admite que ficou para trás no segmento de cartão de crédito depois da fusão entre Itaú e Unibanco. A instituição financeira agora corre para recuperar espaço nesse mercado e o cartão Elo deve acelerar esse crescimento. 

O segmento de cartão de crédito do Banco do Brasil, no último trimestre, cresceu 25,6% na comparação com dezembro. Já o mercado, de acordo com dados do setor, evoluiu 18,3%.

O BB deve divulgar em breve um balanço consolidado com dados do Elo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.