Apple fecha todas as lojas fora da China até 27 de março por coronavírus

Funcionários continuarão sendo pagos e trabalhadores poderão trabalhar remotamente se suas funções permitirem

A Apple fechará todas as suas lojas oficiais fora da China, um exemplo dramático de como companhias estão reduzindo o ritmo de negócios para retardar o avanço do coronavírus a seus funcionários e clientes.

A empresa disse que as lojas ficarão fechadas até 27 de março. Funcionários continuarão sendo pagos, e trabalhadores poderão trabalhar remotamente se suas funções permitirem, de acordo com o CEO, Tim Cook, em nota no site da companhia.

A Apple tem cerca de 500 lojas oficiais ao redor do mundo, incluindo centenas nos Estados Unidos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.