Mundo

Lava vulcânica em La Palma, na Espanha, engole mais casas e terras

Houve 37 movimentos sísmicos neste sábado, o maior deles medido em 4.1, afirmou o Instituto Geológico Nacional Espanhol

Vulcão continua em erupção em La Palma, como visto de Tacande, Espanha, October 9, 2021 (Juan Medina/Reuters)

Vulcão continua em erupção em La Palma, como visto de Tacande, Espanha, October 9, 2021 (Juan Medina/Reuters)

R

Reuters

Publicado em 9 de outubro de 2021 às 16h32.

LA PALMA, Espanha (Reuters) - Lava incandescente engoliu a terra que José Roberto Sánchez herdou de seus pais neste sábado e raios brilharam ao redor do vulcão atualmente em erupção na ilha espanhola de La Palma há quase três semanas.

Houve 37 movimentos sísmicos neste sábado, o maior deles medido em 4.1, afirmou o Instituto Geológico Nacional Espanhol, mas o aeroporto de La Palma reabriu após ficar fechado desde quinta-feira por causa das cinzas, disse a operadora espanhola de tráfego aéreo Aena. Todos os outros aeroportos das Ilhas Canárias estão abertos.

O magma que desce da encosta do vulcão Cumbre Vieja destruiu pelo menos quatro edifícios da aldeia, alguns dos quase 1.150 prédios e terras nas redondezas que foram destruídos desde que o vulcão entrou em erupção em 19 de setembro.

"As memórias de meus pais, a herança que eu tinha lá, tudo se foi", disse Sanchez à Reuters sobre as terras que seus pais possuíam em Todoque, no oeste da ilha.

Acompanhe tudo sobre:Espanha

Mais de Mundo

Candidato à presidência denuncia 'prisão arbitrária' de assistentes na Venezuela

Pequeno município no leste da China desenvolve indústria panificadora bilionária

Após escândalo com PwC na China, KPMG e EY assumem auditorias no país

Biden viaja a Los Angeles para evento de arrecadação de fundos com celebridades

Mais na Exame