• BVSP 121.113,93 pts +0,3%
  • USD R$ 5,5873 -0,0014
  • EUR R$ 6,7334 +0,0370
  • ABEV3 R$ 15,85 -0,13%
  • BBAS3 R$ 29,75 +0,37%
  • BBDC4 R$ 26,17 +1,43%
  • BRFS3 R$ 23,62 -2,80%
  • BRKM3 R$ 50,09 +3,24%
  • BRML3 R$ 9,8 +0,20%
  • BTOW3 R$ 68,22 +0,04%
  • CSAN3 R$ 90,81 -0,27%
  • ELET3 R$ 35,46 +3,68%
  • EMBR3 R$ 15,81 -0,94%
  • Petróleo US$ 64,89 +0,00%
  • Ouro US$ 1.791,30 +0,00%
  • Prata US$ 26,32 +0,00%
  • Platina US$ 1.208,10 +0,00%

Bolsa perde R$ 290 bilhões em valor de mercado em um dia

Montante é superior ao do Itaú Unibanco ou dq Vale; índice Ibovespa caiu 7% nesta quarta, maior retração diária desde o "Joesley Day"

São Paulo - A B3, a Bolsa de Valores brasileira, perdeu o equivalente a um Itaú Unibanco ou a mais que uma Vale em valor de mercado, em apenas um dia, nesta quarta-feira (26).

O valor de mercado de todas as empresas listadas na B3, somadas, caiu de 4,576 trilhões de reais no último pregão (sexta-feira, 21), para 4,286 trilhões ao fim da sessão desta quarta-feira (26).

É uma redução de 290 bilhões de reais. O total é superior ao valor inteiro de algumas das maiores empresas da Bolsa, caso do Itaú Unibanco (288 bilhões de reais), da Vale (232 bilhões de reais) e do Bradesco (230 bilhões de reais). Os cálculos foram feitos pela consultoria Economatica.

Por conta do Carnaval, a Bolsa brasileira ficou fechada tanto na segunda-feira (24) quanto na terça (25), reabrindo às 13h desta quarta. Nesses dois dias, as bolsas americanas e europeias despencaram, em um movimento repetido pelas ações brasileiras na volta do recesso.

"As quedas em todo o mundo são reflexo da perspectiva de arrefecimento da economia com a diminuição do consumo", diz Bruno di Giácomo, fundador da gestora e assessora de investimentos Blackbird.

O Ibovespa, principal índice acionário da B3, encerrou o dia em queda de 7%, voltando à faixa dos 105 mil pontos. Foi a maior retração desde o “Joesley Day”, 18 maio de 2017. Naquele data, o vazamento de uma conversa gravada de Joesley Batista, um dos donos da processadora de alimentos JBS, com o então presidente Michel Temer fez a Bolsa brasileira recuar 8,8% em um só dia.

Diversas empresas tiveram quedas superiores a 10% hoje. As relacionadas ao setor turístico e ao mercado chinês lideraram as quedas: a companhia aéreal Gol caiu 13,4%, a concorrente Azul perdeu 13,3%, e a operadora de viagens CVC, 11,3%. As siderúrgicas Metalúrgica Gerdau e CSN recuaram 11,9% e 10,9%, respectivamente.

Algumas das ações mais negociadas e de maior peso na Bolsa também tiveram baixas significativas: a petroleira Petrobras (PETR4) caiu 10,1% e a mineradora Vale teve retração de 9,5%, enquanto os papéis do Itaú Unibanco recuaram 4,99%.

Em termos absolutos, a Petrobras foi a companhia com a maior queda em valor de mercado no dia, com perda de 39,3 bilhões de reais, para 353,6 bilhões de reais no total.

Veja abaixo as empresas que mais perderam valor de mercado, em termos absolutos, nesta quarta-feira, de acordo com a Economatica:

 

Empresa Valor de mercado em 21 de fevereiro Valor de mercado em 26 de fevereiro Quanto perdeu em valor de mercado
Petrobras R$ 392,83 bilhões R$ 353,57 bilhões R$ 39,26 bilhões
Vale R$ 257,08 bilhões R$ 232,56 bilhões R$ 24,51 bilhões
Bradesco R$ 245,68 bilhões R$ 230,17 bilhões R$ 15,50 bilhões
Itaú Unibanco R$ 302,12 bilhões R$ 288,42 bilhões R$ 13,70 bilhões
Banco do Brasil R$ 140,32 bilhões R$ 128,94 bilhões R$ 11,37 bilhões
Santander R$ 153,41 bilhões R$ 143,42 bilhões R$ 9,99 bilhões
B3 R$ 106,48 bilhões R$ 98,07 bilhões R$ 8,38 bilhões
Ambev R$ 255,61 bilhões R$ 248,85 bilhões R$ 6,76 bilhões
JBS R$ 69,23 bilhões R$ 62,65 bilhões R$ 6,58 bilhões
Weg R$ 104,45 bilhões R$ 98,22 bilhões R$ 6,23 bilhões
Magazine Luiza R$ 91,48 bilhões R$ 85,69 bilhões R$ 5,78 bilhões
Eletrobras R$ 51,49 bilhões R$ 46,94 bilhões R$ 4,54 bilhões
Telefônica Vivo R$ 93,57 bilhões R$ 89,23 bilhões R$ 4,34 bilhões
Suzano R$ 55,85 bilhões R$ 52,08 bilhões R$ 3,85 bilhões
Intermédica R$ 41,71 bilhões R$ 37,99 bilhões R$ 3,72 bilhões
B2W R$ 38,07 bilhões R$ 34,36 bilhões R$ 3,70 bilhões
Lojas Americanas R$ 44,44 bilhões R$ 41,03 bilhões R$ 3,40 bilhões
BTG Pactual R$ 79,34 bilhões R$ 75,98 bilhões R$ 3,36 bilhões
Gerdau R$ 31,07 bilhões R$ 27,85 bilhões R$ 3,22 bilhões
CCR R$ 36,66 bilhões R$ 33,59 bilhões R$ 3,07 bilhões

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.