Guaraná Antarctica leiloa itens de famosos e destina valor aos catadores

Gabriel Jesus, Whindersson Nunes, Luciano Huck, Tatá Werneck e outros famosos doam itens para o leilão que começa neste sábado, 25
 (Heinz-Peter Bader/Reuters)
(Heinz-Peter Bader/Reuters)
D
Da Redação

Publicado em 22/04/2020 às 15:11.

Última atualização em 23/04/2020 às 00:40.

A marca de refrigerantes Guaraná Antarctica, da fabricante de bebidas Ambev, criou o "Leilão Coisa Nossa", que irá leiloar artigos pessoais de personalidades.

O lançamento do leilão será realizado no dia 25 de abril, às 14h, no canal de Guaraná no Youtube, o Coisa Nossa, e pelo site da marca.

Todo o valor arrecadado será doado ao financiamento coletivo Renda Mínima Pros Catadores, iniciativa da ONG Pimp My Carroça, criada pelo artista e ativista Mundano, para angariar fundos para os catadores que tiram seu sustento a partir da reciclagem.

O leilão  conta com mais de 30 convidados, entre eles estão o jogador Gabriel Jesus que doou, por exemplo, uma camisa autografada; o surfista Gabriel Medina, que cedeu uma prancha de surf.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) doou duas camisas da Seleção Brasileira de Futebol Masculino autografadas e uma camisa histórica que os jogadores comemoraram a conquista da Copa América em 2019.

A atriz Tatá Werneck também marcará presença na live e colocará no leilão uma jóia.  O artista Mundano irá leiloar uma oficina de graffiti de 4 horas de duração, em São Paulo. O youtuber Whindersson Nunes, doou para a causa o cordão utilizado na gravação stand up solo chamado Adulto. Já o apresentador Luciano Huck oferecerá um pacote de viagens para o Rio de Janeiro, com direito a passagens, hospedagens, voo de helicóptero, acompanhar um dia de gravação e um almoço com ele no camarim.

Apresentado pelos youtubers Diogo Defante, Igor Guimarães, Lucas Inutilismo e Matheus Canella, o leilão será dinâmico com entradas ao vivo de  influenciadores e  convidados. A expectativa é que a live fique no ar durante quatro horas, e os lances poderão ser feitos até o dia 8 de maio.

“Durante a quarentena, temos visto diversos catadores de materiais recicláveis sem trabalho. Eles são parte essencial em nossa cadeia sustentável e queremos dar suporte neste momento”, diz Daniel Silber, gerente de marketing de Guaraná Antarctica.