• BVSP 117.669,90 -0,5%
  • USD 5,6808 +0,0000
  • EUR 6,7616 +0,0000
  • ABEV3 15,43 -0,13%
  • BBAS3 29,27 +0,55%
  • BBDC4 25,25 +0,04%
  • BRFS3 23,91 -1,97%
  • BRKM3 43,57 -0,98%
  • BRML3 9,95 +1,95%
  • BTOW3 62,7 -0,85%
  • CSAN3 89,25 -0,45%
  • ELET3 35,45 -1,50%
  • EMBR3 16,02 -0,37%
  • Petróleo 59,31 +0,00%
  • Ouro 1.759,80 +0,00%
  • Prata 25,34 +0,00%
  • Platina 1.215,70 +0,00%

Petróleo na Nymex cai com realização de lucros

Petróleo do tipo brent avança com sinais econômicos positivos e preocupações com tempestades

Londres - Os contratos futuros de petróleo operam em direções divergentes na manhã desta sexta-feira, 6. Enquanto a commodity negociada na Nymex recua com realização de lucros, o petróleo do tipo brent avança com sinais econômicos positivos e preocupações com tempestades.

A produção foi afetada em várias regiões por condições meteorológicas adversas, dando suporte aos preços do brent, de acordo com o Commerzbank. "Uma forte tempestade reduziu a produção em vários campos de petróleo no Mar do Norte, enquanto a produção norte-americana de óleo em Dakota do Norte está sendo impactada por uma onda de frio e tempestade de neve", escreveram analistas do banco em uma nota a clientes.

Segundo o analista Carsten Fritsch do Commerzbank, é difícil quantificar até que ponto a baixa produção no Mar do Norte está afetando os preços. Uma outra razão para o avanço do brent pode ser o sentimento positivo, em geral, no mercado. "Os recentes indicadores dos EUA foram melhores do que o esperado, o que melhorou a perspectiva de demanda por commodities em geral", afirmou.

Já nos EUA, o petróleo negociado na Nymex recua levemente, após ganhos obtidos nas últimas cinco sessões. O contrato havia ganhado apoio de dados macroeconômicos dos EUA, segundo analistas do Sucden Research. Indicadores "divulgados nesta semana superaram, em grande parte, as expectativas dos analistas e sinalizam uma melhora das condições do setor de moradia e do mercado de trabalho", escreveram em uma nota a clientes.

Na quinta-feira, 5, os dados semanais sobre pedidos de auxílio-desemprego vieram melhores do que o esperado, ressaltaram, "apoiando os preços do petróleo na Nymex com melhora na perspectiva de demanda". As solicitações caíram nos Estados Unidos para 298 mil na semana encerrada em 30 de novembro, o menor nível em dois meses de acordo com a JBC Energy. Mais tarde na sessão, o relatório mensal de emprego dos EUA deve adicionar mais detalhes sobre o estado da maior consumidora de petróleo do mundo.

Às 9h50 (de Brasília), o Brent para janeiro tinha alta de 0,38%, a US$ 111,39 por barril na plataforma eletrônica ICE, em Londres, enquanto o contrato para janeiro na Nymex recuava 0,22%, a US$ 97,16 por barril. Fonte: Dow Jones Newswires.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.