Aguardando decisões do Fed, bitcoin continua em US$ 20 mil; Polygon sobe 25% e metaverso dispara

A maior criptomoeda do mundo se mantém estável enquanto o banco central norte-americano ameaça novos aumentos na taxa de juros; Polygon, The Sandbox e Decentraland disparam
Polygon e moedas de metaverso voltam a subir em mercado lateralizado (Reprodução/Unsplash)
Polygon e moedas de metaverso voltam a subir em mercado lateralizado (Reprodução/Unsplash)
Por Mariana Maria SilvaPublicado em 23/06/2022 11:10 | Última atualização em 23/06/2022 11:10Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Movimentando US$ 78,5 bilhões nas últimas 24 horas, o mercado de criptomoedas recupera 2,3% de sua capitalização nesta quinta-feira, 23, de acordo com dados do CoinGecko. O bitcoin e maioria das principais criptomoedas apresenta lateralidade, enquanto Polygon, The Sandbox e Decentraland são os destaques de alta do dia, de acordo com dados do CoinMarketCap.

Cotado a US$ 20.533 no momento, o bitcoin sobe apenas 0,2% nas últimas 24 horas, de acordo com o CoinGecko. A maior criptomoeda do mundo mantém o preço que não era visto desde o final de 2020 e já caiu mais de 70% desde novembro de 2021, quando bateu sua máxima histórica.

De acordo com Felipe Medeiros, analista e sócio da Quantzed Criptos, o bitcoin estaria “seguindo as bolsas americanas que, desde a abertura da semana, não realizaram grandes movimentos”.

Mesmo que a cotação atual do bitcoin pareça muito atrativa aos investidores depois que o mesmo chegou a custar mais de US$ 69 mil, especialistas pedem cuidado. “Acreditamos que ainda não é o momento de voltar as compras, necessitando uma desaceleração dessa pressão vendedora”, afirmou Lucas Costa, analista técnico do BTG Pactual.

Costa afirmou em sua última análise, que as perspectivas para a principal criptomoeda no curto e médio prazo ainda são de queda.

O ether, a criptomoeda nativa da rede Ethereum, é cotado a US$ 1.115, com alta de 2,1% nas últimas 24 horas. Quase 80% a baixo de sua máxima histórica, a segunda maior criptomoeda do mundo também ganha em capitalização, com alta de 6,68%% nas últimas 24 horas, de acordo com o CoinMarketCap.

(Mynt/Divulgação)

Espera-se que o banco central dos EUA anuncie novos aumentos na taxa de juros do país. Depois de elevar recentemente a taxa em 0,75%, o presidente do Fed, Jerome Powell, afirmou que pode “ir em frente” e continuar aumentando a taxa na tentativa de reduzir a inflação, que bate recordes no país. Mesmo que isso signifique que a economia norte-americana enfrente mais desemprego e uma possível recessão.

“As próximas semanas vão ser de apreensão em relação às falas e movimentos do Banco Central norte-americano, que deve continuar ditando o ritmo do mercado cripto”, comentou Medeiros.

Enquanto isso, outras criptomoedas disparam:

• Polygon (MATIC): +25,28%
• The Sandbox (SAND): + 12,72%
• Decentraland (MANA): + 9,78%

Liderando as altas desta quinta-feira, 23, a Polygon sobe 25,28% após o anúncio de novidades em sua plataforma. Uma solução de identidade irá incorporar a tecnologia de “conhecimento zero” que afirma “inverter o modelo de confiança da internet”.

“Hoje, estamos lançando a primeira iteração do Polygon ID – uma solução de identidade privada e auto-soberana alimentada por criptografia de conhecimento zero”, anunciou a Polygon.

Por outro lado, as criptomoedas de metaverso voltam a subir depois de um dia anterior ruim. Representantes das duas maiores plataformas do setor, SAND e MANA sobem significativos 12,72% e 9,78%. Apesar disso, apenas em 2022, ambas continuam em queda de 83% e 73%, respectivamente, de acordo com dados do CoinMarketCap.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok