Em NY, Conta Black firma parceira para levar crédito aos brasileiros da periferia

Parceria com a Genial Investimentos pretende acelerar potencial tecnológico da Conta Black e alcançar um milhão de clientes em dois anos
Da esquerda para a direita: Sérgio All, João Pádua, Fernanda Ribeiro, Rodolfo Reichert, Camila Valverde (Leandro Fonseca/Exame)
Da esquerda para a direita: Sérgio All, João Pádua, Fernanda Ribeiro, Rodolfo Reichert, Camila Valverde (Leandro Fonseca/Exame)
M
Marina Filippe

Publicado em 19/09/2022 às 12:28.

Última atualização em 22/09/2022 às 12:05.

De Nova York*

"Trazer as necessidades da periferia brasileira para o centro do capitalismo, Nova York, é um marco.", disse Sérgio All, CEO e co-fundador da Conta Black em uma reunião num concorrido restaurante no Bryant Park. O momento marcou o lançamento da parceria entre a Conta Black e a Genial Investimentos para que mais pessoas pretas e pardas tenham acesso ao banco de varejo.

Na prática, a conversa entre as partes que começou há cerca de um ano, agora culmina num investimento financeiro e tecnológico da Genial Investimentos na Conta Black. "Se você gasta muito tempo resolvendo problemas, não consegue alcançar de fato seu público-alvo. Com a parceira, os fundado da Conta Black poderão se dedicar a fazer as conexões enquanto terão acesso a estruta internacional da Genial, com países como Estados Unidos", disse Rodolfo Reichert, CEO da Genial.

Com isto, a projeção da Conta Black é chegar aos cem mil clientes ativos em seis meses, e um milhão de clientes em dois anos. "Agora conseguiremos trabalhar de igual para igual com nossos principais concorrentes. Mas com a vantagem de focar na transformação financeira das pessoas periféricas", diz All.

Para Fernanda Ribeiro, co-fundadora da Conta Black, a parceira também auxilia no desenvolvimento da Black X. "A Black X é uma vertical dentro da conta para trazer a visão de investimento com educação financeira, para investir na formação de agentes comunitários pretos e periféricos que serão autoridades na quebrada para essa questão", afirma.

Desenvolvimento de pretos e pardos

A Conta Black é o primeiro banco de varejo a aderir o Movimento Raça é Prioridade, da Rede Brasil do Pacto Global em parceria com o CEERT e ONU Mulheres, assim como a Genial é o primeiro banco de investimentos a fazer o mesmo. Na iniciativa, a ambição de ter 1500 empresas comprometidas em ter 50% de pessoas negras em posição de liderança até 2030.

"Esse caso evidencia a importância do trabalho em rede e de como os Objetivos dos Desenvolvimentos Sustentáveis serão atingidos por meio dos negócios. Juntas, as duas empresas têm enorme potêncial de acelerar a redução das desigualdades", afirma Camila Valverde, diretora de impacto da Rede Brasil do Pacto Global. 

"Contribuir para a mudança da sociedade e unir os produtos das companhias é transformador", diz João Pádua, diretor de parcerias B2B da Genial.