Economia

PIB da UE sofre contração de 3,8% no 1º trimestre com crise do coronavírus

Esta é a maior contração econômica registrada na série histórica iniciada em 1995; o superávit comercial e exportações recuaram em março

UE: economia da zona do euro já reflete o impacto da crise provocada pelo coronavírus (inakiantonana/Getty Images)

UE: economia da zona do euro já reflete o impacto da crise provocada pelo coronavírus (inakiantonana/Getty Images)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 15 de maio de 2020 às 06h45.

Última atualização em 15 de maio de 2020 às 12h05.

O Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro encolheu 3,8% no primeiro trimestre de 2020 ante o quarto trimestre de 2019, sofrendo a maior contração numa série histórica iniciada em 1995 em meio ao impacto da pandemia do novo coronavírus, segundo revisão divulgada hoje pela agência oficial de estatísticas da União Europeia, a Eurostat. O resultado confirmou estimativa preliminar e veio em linha com a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal.

Em relação ao mesmo período do ano passado, o PIB do bloco recuou 3,2% entre janeiro e março. Neste caso, a primeira estimativa da Eurostat - publicada no fim de abril - havia sido de queda um pouco maior, de 3,3%.

Em termos anualizados, a economia da zona do euro registrou um tombo de 14,2% no primeiro trimestre, um pouco menor do que o declínio de 14,4% calculado inicialmente pelo órgão de estatísticas.

Superávit comercial diminui e exportações sofrem tombo em março

A zona do euro registrou superávit comercial de 23,5 bilhões de euros em março. O resultado é menor do que o saldo positivo de fevereiro, que foi de 25,6 bilhões de euros.

Em reação aos efeitos da pandemia de coronavírus, as exportações dos 19 países que formam a zona do euro sofreram um tombo de 8 9% em março ante fevereiro, o maior desde janeiro de 2009, enquanto as importações tiveram queda de 9% no período, a mais intensa numa série histórica iniciada em 1999.

Acompanhe tudo sobre:Crise econômicaPIBUnião EuropeiaZona do Euro

Mais de Economia

Governo avalia propostas para compensar desoneração da folha neste ano

Lula reclama de decisão do Banco Central sobre taxa de juros: ‘Uma pena que manteve’

Plano Real, 30 anos: Carolina Barros, do BC, e a jornada do Real ao Pix

Plano Real, 30 anos: dinheiro ainda é base de transações, mas 41% dos brasileiros preferem Pix

Mais na Exame