Acompanhe:

Petrobras aumenta preço do querosene de aviação (QAV) em 17,1%

Em janeiro, o QAV havia tido redução de 11% em meio a baixas no exterior. Associação do setor afirma que o preço do combustível é o principal entrave das aéreas

Modo escuro

Continua após a publicidade
Querosene de aviação: Petrobras aumentou preço em 17,1% em janeiro (Leandro Fonseca/Exame)

Querosene de aviação: Petrobras aumentou preço em 17,1% em janeiro (Leandro Fonseca/Exame)

D
Da redação, com agências

Publicado em 2 de fevereiro de 2023 às, 17h49.

Última atualização em 2 de fevereiro de 2023 às, 18h24.

A Petrobras anunciou na quarta-feira, 1º de fevereiro, às distribuidoras, um reajuste médio de 17,1% para o querosene de aviação (QAV).

Em janeiro, o preço havia sido reduzido em 11,1%. A atualização do preço (seja aumento, seja redução, seja manutenção) ocorre mensalmente no caso do QAV.

Comparando o valor cobrado pelo QAV em fevereiro de 2022, a alta representa um aumento de 37,8%, disse a Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear).

"Recente levantamento da Abear mostra que, em dezembro de 2022, o preço médio do QAV na bomba no Brasil foi quase 45% superior ao cobrado nos Estados Unidos", informou a Abear.

De acordo com a entidade, a alta do preço do QAV permanece sendo o maior desafio das empresas aéreas brasileiras, já que o insumo representa cerca de 40% dos custos totais.

"A volatilidade da cotação do dólar também é preocupante, pois mais de 50% dos custos são dolarizados. É por isso que a Abear tem ampliado sua interlocução com o Poder Público, criando mesas de diálogo permanente com ministérios como o da Fazenda, de Portos e Aeroportos, do Turismo e com a Embratur", afirmou em nota o presidente da Abear, Eduardo Sanovicz.


Preço do querosene de aviação em alta

Ao longo de 2022, o querosene de aviação teve alta de 49,6%, segundo a Abear. A alta acumulada já chegou a ser na casa dos 60%, mas em meio à queda no preço do petróleo no mercado internacional, a Petrobras passou a reduzir os preços sobretudo no segundo semestre do ano. O reajuste de fevereiro em 2023 é o primeiro aumento deste ano da Petrobras.

No caso do QAV, pouco mais de 10% do combustível usado no Brasil é importado (já a preços de mercado), e o restante é refinado diretamente pela Petrobras. Em 2019, segundo a Agência Nacional de Petróleo e Biocombustíveis (ANP), 14% do QAV no Brasil foi importado, quase metade vinda dos EUA.

Mesmo no caso do QAV refinado internamente, a estatal aplica desde 2016 um programa de paridade de preços de importação (PPI), que vale também para combustíveis como gasolina e diesel e faz com que os preços praticados no mercado interno fiquem mais próximos aos internacionais, afetados pelo mercado externo e pelo preço do dólar.

Qual é o combustível para aviação?

A maioria dos aviões e helicópteros de uso comercial funciona com o chamado querosene de aviação (QAV). O combustível é usado principalmente em aviões comerciais, e funciona em aeronaves dotadas de turbina a jato, turboélices ou turbo-fans.

Aviões de menor porte usam também gasolina de aviação (GAV ou AVGAS). Segundo a Petrobras, "o combustível utilizado predominantemente em aviões de pequeno porte, equipados com motor a pistão de combustão interna, com ignição por centelha para movimentação de sua hélice."

Qual é a composição do querosene de aviação?

O querosene de aviação, assim como boa parte dos combustíveis fósseis, é um derivado do petróleo. Segundo a Petrobras, o processo de produção é feito por "destilação direta com faixa de temperatura de 150 ºC a 300 ºC, com predominância de hidrocarbonetos parafínicos de 9 a 15 átomos de carbono, utilizado em turbinas aeronáuticas."

(Com informações do Estadão Conteúdo)

Últimas Notícias

Ver mais
Delta lança voo para passageiros verem eclipse total do sol dentro do avião
Casual

Delta lança voo para passageiros verem eclipse total do sol dentro do avião

Há um dia

Passageiro de executiva pede café da manhã vegano e recebe uma única banana
Pop

Passageiro de executiva pede café da manhã vegano e recebe uma única banana

Há um dia

Boeing negocia compra da fabricante de peças envolvida em falha com o 737 Max
seloNegócios

Boeing negocia compra da fabricante de peças envolvida em falha com o 737 Max

Há um dia

Petrobras aumenta preço do querosene de aviação entre 8% e 8,5%
Economia

Petrobras aumenta preço do querosene de aviação entre 8% e 8,5%

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais