Acompanhe:

Petrobras anuncia mais uma redução do preço da gasolina e do diesel

Com preços do petróleo mais baixo, Petrobras abaixou os preços dos combustíveis pela 4ª vez neste ano

Modo escuro

Continua após a publicidade
Petrobras: distribuidoras vão comprar gasolina R$ 0,0756 mais barata e o diesel, R$ 0,0917 (Paulo Whitaker/Reuters)

Petrobras: distribuidoras vão comprar gasolina R$ 0,0756 mais barata e o diesel, R$ 0,0917 (Paulo Whitaker/Reuters)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 5 de fevereiro de 2020 às, 13h53.

Última atualização em 5 de fevereiro de 2020 às, 13h54.

Rio de Janeiro — A Petrobras informou aos clientes que vai reduzir os preços dos derivados em suas refinarias a partir da quinta-feira, 6. O litro da gasolina vai custar 4,3% menos e o do óleo diesel, 4,4%. Já o diesel S10 para térmicas foi reduzido em 4,6% e o marítimo, 4,5%.

Em 30 de janeiro, quando o preço do petróleo, já estava em queda, a empresa já havia anunciado um corte.

Isso significa que, nessa quinta-feira, as distribuidoras vão comprar gasolina R$ 0,0756 mais barata e o diesel, R$ 0,0917.

Segundo a consultoria FCStone, a redução dos preços da gasolina e do diesel foi uniforme em todas as bases de entrega.

"Acredito que as mudanças da Petrobras foram focadas no mercado de ontem de gasolina e diesel. Com a revisão, deixou a janela levemente aberta (oportunidade para importadores ganharem participação de mercado) no diesel e no zero a zero na gasolina. Como o mercado está revertendo numa alta muito forte hoje, com a possibilidade de ter tratamento agora do coronavírus, o mercado está fechado neste momento no spot. Ou seja, ela fixou perto da mínima do mercado", afirmou Tadeu Silva, consultor de Petróleo e Gás da FCStone.

Pelas contas do consultor, com essa retração, as empresas importadoras terão dificuldade em concorrer com a estatal na venda da gasolina.

No mercado spot, há uma pequena defasagem em relação à cotação internacional do diesel, de US$ 0,02. A Petrobras não aumenta a gasolina desde o dia 1º de dezembro e o diesel, desde o dia 21 de dezembro. A queda acumulada no ano é de R$ 0,02156 para a gasolina e de R$ 0,03236

Após consecutivos dias em queda, o petróleo do tipo brent, utilizado como referência pela Petrobras, passou a acelerar nesta quarta-feira. No início da tarde, por volta das 12h30, estava sendo negociado a US$ 56, o que representa uma alta de 4,41%.

Últimas Notícias

Ver mais
Brasil e outros 121 países fecham acordo para aumentar investimentos estrangeiros
Economia

Brasil e outros 121 países fecham acordo para aumentar investimentos estrangeiros

Há 14 horas

Ministros de Finanças do G20 se reúnem em São Paulo nesta semana
Economia

Ministros de Finanças do G20 se reúnem em São Paulo nesta semana

Há 16 horas

Aumenta a confiança da indústria, diz pesquisa da FGV
Economia

Aumenta a confiança da indústria, diz pesquisa da FGV

Há 2 dias

IFI reduz estimativa para dívida bruta em 2024, de 78,8% para 77 7% do PIB
Economia

IFI reduz estimativa para dívida bruta em 2024, de 78,8% para 77 7% do PIB

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais