Ministro de Minas e Energia não vê possibilidade de greve de caminhoneiros

Receio de uma possível paralisação ocorre mais de um ano após a histórica greve da categoria, que gerou desabastecimento de combustível e diversos produtos

O ministro de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque, disse nesta segunda-feira que não tem intenção de deixar o cargo e que vê com "surpresa" rumores sobre sua possível saída da pasta.

A afirmação do ministro vem após reportagem da Folha de S. Paulo no início do mês, segundo a qual o governo prepararia uma mudança na cúpula da área de Minas e Energia devido à insatisfação de políticos com o ministério.

"Quem tem que ficar satisfeito ou não com o meu trabalho é o presidente da República. E, em relação a isso, ele nunca manifestou desagrado com o trabalho que a gente está conduzindo", disse Albuquerque a jornalistas durante evento na sede do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) no Rio de Janeiro.

Questionado diretamente pelos repórteres, ele ainda negou que tenha qualquer intenção de deixar o cargo no ministério.

Pouco antes, o ministro disse também que o governo não tem visto sinais de greve dos caminhoneiros pelo país nesta segunda-feira, apesar de rumores sobre uma possível paralisação.

"As informações que recebi são de que a situação está sob controle e não está causando nenhum problema ao ir e vir, à segurança energética e no setor econômico", afirmou Albuquerque.

A atenção a um possível movimento de caminhoneiros ocorre mais de um ano após uma histórica greve da categoria, em maio do ano passado, que gerou desabastecimento de combustíveis e diversos produtos.

Motivada por queixas contra os elevados preços do diesel, a paralisação em 2018 colocou pressão sobre o governo federal e a Petrobras e culminou na demissão do então presidente da petroleira estatal, Pedro Parente, além de ter levado a mudanças na política da empresa para os preços dos combustíveis.

Albuquerque acrescentou que o governo criou um gabinete de acompanhamento para monitorar a situação nas estradas, em grupo que reúne as pastas de Minas e Energia, Infraestrurura, Casa Civil , Justiça e Segurança Pública e Gabinete de Segurança Institucional.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.