Acompanhe:

Leilão do petróleo da cessão onerosa tem 14 empresas habilitadas, diz ANP

Entre as companhias estão, além da Petrobras, multinacionais como Exxon e Shell, BP, Equinor e Total, que já atuam no Brasil

Modo escuro

Continua após a publicidade
Plataforma: megaleilão, marcado para novembro, pode render, então, R$ 106,5 bilhões aos cofres públicos (Germano Luders/Exame)

Plataforma: megaleilão, marcado para novembro, pode render, então, R$ 106,5 bilhões aos cofres públicos (Germano Luders/Exame)

R
Reuters

Publicado em 30 de setembro de 2019 às, 12h17.

Última atualização em 30 de setembro de 2019 às, 12h31.

São Paulo — A rodada de licitações de áreas petrólíferas do excedente da cessão onerosa, prevista para 6 de novembro, teve 14 empresas habilitadas, segundo informação publicada nesta segunda-feira pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Entre as companhias estão, além da Petrobras, multinacionais como Exxon e Shell, BP, Equinor e Total, que já atuam no Brasil.

A lista das empresas habilitadas, que inclui também as chinesas CNODC e CNOOC, foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira.

A mega rodada do pré-sal da Bacia de Santos ofertará as áreas de desenvolvimento de Atapu, Búzios, Itapu e Sépia.

A diferença dessa rodada para os demais leilões no regime de partilha da produção é que serão ofertadas áreas de desenvolvimento, sem risco exploratório, ressaltou a ANP.

A Petrobras, que fez o contrato original da cessão onerosa com o governo federal, já atua em áreas da região, contando inclusive com produção em Búzios.

Veja a relação das empresas:

1 – BP Energy do Brasil Ltda.

2 – Chevron Brasil Óleo e Gás Ltda.

3 – CNODC Brasil Petróleo e Gás Ltda.

4 – CNOOC Petroleum Brasil Ltda.

5 – Ecopetrol Óleo e Gás do Brasil Ltda.

6 – Equinor Brasil Energia Ltda.

7 – ExxonMobil Exploração Brasil Ltda.

8 – Petrogal Brasil S.A.

9 – Petrobras

10 – Petronas Petróleo Brasil Ltda.

11 – QPI Brasil Petróleo Ltda.

12 – Shell Brasil Petróleo Ltda.

13 – Total E&P do Brasil Ltda.

14 – Wintershall DEA do Brasil Exploração e Produção Ltda.

O que é a cessão onerosa?

A cessão onerosa foi um acordo entre a União e a Petrobras para a exploração de campos de petróleo do pré-sal sem licitação, feito em 2010. O acordo previa a exploração de até 5 bilhões de barris de petróleo pela estatal. Como a quantidade potencial dos poços se mostrou maior, o governo fará um leilão sobre as áreas excedentes.

Estimativas preveem que a área possa render de 6 a 15 bilhões de barris de petróleo. Com isso, o megaleilão, marcado para novembro, pode render, então, R$ 106,5 bilhões aos cofres públicos.

Na última semana, a Câmara dos Deputados aprovou parte da PEC da Cessão Onerosa, que permite que o governo ressarça a Petrobras, para além do que autorizaria o teto de gastos. O Tribunal de Contas da União (TCU) considerava esse ponto como um empecilho para o leilão.

No entanto, o Congresso ainda precisa definir como será a divisão dos mais de R$ 100 bilhões a serem arrecadados, que será definida na segunda parte da PEC.

De acordo com o texto aprovado pelo Senado e em análise na Câmara, a divisão será assim: R$ 10,95 bilhões (15%) serão repassados aos estados, seguindo os critérios do Fundo de Participação dos Estados (FPE); outros R$ 10,95 bilhões (15%) serão distribuídos para os municípios, de acordo com os critérios do Fundo de Participação dos Municípios (FPM); R$ 2,19 bilhões (3%) ficarão com Rio de Janeiro e R$ 48,9 bilhões, com a União.

Últimas Notícias

Ver mais
Petrobras aumenta preço do querosene de aviação entre 8% e 8,5%
Economia

Petrobras aumenta preço do querosene de aviação entre 8% e 8,5%

Há 2 dias

Petróleo vira arma na guerra de Milei com governadores, expondo novas fissuras no governo
Mundo

Petróleo vira arma na guerra de Milei com governadores, expondo novas fissuras no governo

Há 2 dias

Produção total de petróleo e gás avança em relação a janeiro de 2023
Brasil

Produção total de petróleo e gás avança em relação a janeiro de 2023

Há 2 dias

Depois do Paraná, Petrobras entra com diesel renovável em SP
ESG

Depois do Paraná, Petrobras entra com diesel renovável em SP

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais