Governo avalia com o Congresso novo Bolsa Família com valor de R$ 400

Em todo o Brasil, quase 14 milhões de pessoas são atendidas pelo Bolsa Família, que paga um valor médio de 192 reais

O governo federal avaliou, nesta segunda-feira, 2, junto com os presidentes da Câmara e do Senado uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para reformular o programa assistencial Bolsa Família. De acordo com a proposta, os beneficiários poderão receber até 400 reais. O assunto foi debatido em uma reunião no fim da tarde entre Rodrigo Pacheco (DEM-MG), Arthur Lira (PP-AL), o novo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, e Flavia Arruda, da Secretaria de Governo.

Em todo o Brasil, quase 14 milhões de pessoas são atendidas pelo Bolsa Família, que paga um valor médio de 192 reais. O presidente Jair Bolsonaro já tinha manifestado a intenção de aumentar o benefício, mas com um valor de até 300 reais.

O aumento do Bolsa Família é visto internamente como uma medida do presidente Bolsonaro que visa as eleições de 2022. Durante a pandemia, o auxílio emergencial inicial de 600 reais colocou a popularidade do presidente lá em cima. Com a diminuição do valor para 250 reais, em média, a avaliação positiva do presidente despencou, como mostrou a última pesquisa EXAME/IDEIA.

Se a chave do cofre e o comando da agenda do Congresso pelo Centrão favorecem a estratégia econômica pró-eleição, a aceleração da inflação, o desemprego e o risco de racionamento de energia em 2022 jogam contra ela.

Não por acaso, o ministro da Economia, Paulo Guedes, está tentando implementar um programa de emprego robusto, com recursos de fora do Orçamento, vindos do Sistema S, e vem abandonado os pilares da sua política liberal para atender os pedidos de Bolsonaro e do Centrão.

(Com Estadão Conteúdo)

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também