Gasolina tem queda de 2,5% após nova redução da Petrobras; veja o preço em cada estado

O litro do combustível recuou em média de R$ 5,89 para R$ 5,74 no período
Gasolina: para atingir a paridade o preço poderia cair mais R$ 0,15 por litro (Sol de Zuasnabar Brebbia/Getty Images)
Gasolina: para atingir a paridade o preço poderia cair mais R$ 0,15 por litro (Sol de Zuasnabar Brebbia/Getty Images)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 30/07/2022 às 09:49.

O preço da gasolina continua em trajetória de queda e caiu 2,5% na semana de 24 a 30 de julho, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O litro do combustível recuou em média de R$ 5,89 para R$ 5,74 no período.

No primeiro dia da vigência da redução de 3,9% no preço da gasolina nas refinarias da Petrobras, que segue outro corte feito na semana passada, de 4,9%, o combustível se mantinha 3% acima do preço praticado no mercado internacional, segundo a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom). Segundo a entidade, para atingir a paridade o preço poderia cair mais R$ 0,15 por litro.

Veja o preço médio do litro da gasolina por Estado:

  • Acre - R$ 6,10
  • Alagoas - R$ 5,87
  • Amapá - R$ 5,22
  • Amazonas - R$ 5,86
  • Bahia - R$ 6,04
  • Ceará - R$ 6,01
  • Distrito Federal - R$ 5,91
  • Espírito Santo - R$ 5,83
  • Goiás - R$ 5,6
  • Maranhão - R$ 5,76
  • Mato Grosso - R$ 5,79
  • Mato Grosso do Sul - R$ 5,37
  • Minas Gerais - R$ 5,61
  • Pará - R$ 5,82
  • Paraíba - R$ 5,72
  • Paraná - R$ 5,66
  • Pernambuco - R$ 5,89
  • Piauí - R$ 5,94
  • Rio de Janeiro - R$ 5,84
  • Rio Grande do Norte - R$ 6,21
  • Rio Grande do Sul - R$ 5,65
  • Rondônia - R$ 5,73
  • Roraima - R$ 5,95
  • Santa Catarina - R$ 5,68
  • São Paulo - R$ 5,65
  • Sergipe - R$ 5,57
  • Tocantins - R$ 6,01

Preço do Diesel

Já o preço médio do óleo diesel S10, que se encontra pressionado no mercado internacional, devido ao aumento da demanda, se manteve praticamente estável, com ligeira redução de R$ 7,55 para R$ 7,51 o litro na mesma semana. O diesel S10, menos poluente, é o tipo de diesel mais consumido no País.

O preço do combustível no Brasil está 5% acima do preço externo, informa a Abicom, e poderia haver uma redução de R$ 0,24 por litro.

O preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) de 13 quilos, o gás de cozinha, também não teve alteração expressiva. Em média, o botijão foi encontrado pela agência a R$ 111,75 contra R$ 111,80 na semana anterior.

Já preço médio do litro de etanol chegou a R$ 4,21 na semana de 24 a 30 de julho. O valor representa um recuo de 2,55%, em relação ao preço médio do litro do combustível, de R$ 4,32, registrado na semana anterior (17 a 23 de julho).

LEIA TAMBÉM: 

39% dos brasileiros dizem que já sentiram queda no preço dos combustíveis ao abastecer