Custo de vida na Grande São Paulo sobe 0,64% em setembro

O aumento do custo de vida atingiu principalmente as classes D e E, registrando 0,88%. Para a classe C o aumento foi 0,65%, B, 0,48%, e A, 0,34%

São Paulo – O custo de vida na região metropolitana de São Paulo subiu 0,64% em setembro na comparação com o mês anterior, segundo levantamento da Federação do Comércio de São Paulo (Fecomercio-SP) divulgado hoje (29). A alta do mês passado foi a maior desde abril quando o custo de vida por classe social (CVCS) registrou 0,66%.

O aumento do custo de vida atingiu principalmente as classes D e E, registrando 0,88%. Para a classe C o aumento foi 0,65%, B, 0,48%, e A, 0,34%.

Alimentos (1,6%) e vestuário (1,38%) foram as categorias que mais pressionaram a alta do custo de vida em setembro. O aumento nos preços dos alimentos teve impacto mais significativo nas classes D e E, onde a alta foi 1,92% e 1,99% respectivamente. O vestuário atingiu principalmente as classes A e B, com aumento de 1,46% e 1,41% respectivamente.

Outras categorias que tiveram aumentos expressivos foram: habitação (0,77%), despesas pessoais (0,52%) e transporte (0,29%). O grupo de artigos para o lar teve queda de 0,89%, uma redução ainda maior para a classe D (1,01%).

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.