Economia

Congresso deve aprovar pacote contra coronavírus nesta terça, diz Trump

Congresso dos Estados Unidos não conseguiu chegar a um acordo nesta segunda-feira quanto ao pacote emergencial de 2 trilhões de dólares

Donald Trump: "Quanto mais tempo demorar, mais difícil será para a economia. Nossos trabalhadores serão prejudicados" (Win McNamee/Getty Images)

Donald Trump: "Quanto mais tempo demorar, mais difícil será para a economia. Nossos trabalhadores serão prejudicados" (Win McNamee/Getty Images)

R

Reuters

Publicado em 24 de março de 2020 às 11h23.

Última atualização em 24 de março de 2020 às 17h27.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, exortou o Congresso norte-americano a aprovar o pacote de estímulos fiscais contra os efeitos do coronavírus nesta terça-feira, 24. "Quanto mais tempo demorar, mais difícil será para a economia. Nossos trabalhadores serão prejudicados", escreveu no Twitter.

Mais cedo, Trump criticou os esforços democratas de atrelar a legislação ao chamado Green New Deal, proposta da oposição que trata de mudanças climáticas e desigualdades sociais. "O pacote contra coronavírus é sobre colocar nossos trabalhadores e empresas de volta ao trabalho", destacou.

O republicano também salientou que, embora a Lei de Produção de Defesa tenha sido acionada, não foi necessário utilizá-la porque os produtores não se negaram a cumpri-la.

Por meio do dispositivo, fabricantes de materiais médicos são obrigados a direcionar suas linhas de produção às necessidades do governo. "Milhões de máscaras médicas estão vindo como reserva para os Estados Unidos", pontuou.

Pacote de estímulo

O Congresso dos Estados Unidos não conseguiu chegar a um acordo nesta segunda-feira quanto ao pacote emergencial de 2 trilhões de dólares planejado pelo governo do país para reduzir os impactos do coronavírus.

Após horas de discussões no domingo, o Senado viu embates entre republicanos e democratas quanto à dimensão do estímulo. Os democratas afirmaram que era excessivamente generoso aos grandes negócios e que não havia fundos suficientes para hospitais.

Acompanhe tudo sobre:CoronavírusDonald TrumpEstados Unidos (EUA)

Mais de Economia

Exclusivo: Sky fecha parceria com Amazon para vender internet por satélite no Brasil

STF decide que Receita não pode cobrar tributação do terço de férias antes de agosto de 2020

Análise: Haddad precisa de uma vitória política

TCU aprova contas do governo Lula em 2023, mas aponta distorções de R$ 20 bi

Mais na Exame