A página inicial está de cara nova Experimentar close button

CNPE divulga regras de conteúdo local para oferta no regime de concessão

Texto estabelece conteúdo local mínimo obrigatório a ser exigido das áreas da rodada de licitações, no âmbito do processo de oferta pela ANP

Brasília - O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) publicou no Diário Oficial da União (DOU) resolução, já aprovada pelo presidente da República, Michel Temer, que estabelece o conteúdo local mínimo obrigatório a ser exigido das áreas da rodada de licitações de blocos exploratórios sob o regime de concessão, no âmbito do processo de oferta permanente a ser iniciado em 2018 pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Segundo o texto, os compromissos de conteúdo local serão definidos em cláusulas específicas do contrato e não serão adotados como critério de julgamento das ofertas na licitação.

Para blocos em terra, os porcentuais mínimos de conteúdo local obrigatório serão os seguintes: fase de exploração, com mínimo obrigatório global de 50%; e etapa de desenvolvimento da produção, com mínimo obrigatório global de 50%.

Para blocos em mar, os porcentuais mínimos de conteúdo local obrigatório serão os seguintes: fase de exploração, com mínimo obrigatório global de 18%; e etapa de desenvolvimento da produção: de 25% para construção de poço; de 40% para o sistema de coleta e escoamento; e de 25% para a unidade estacionária de produção.

A resolução avisa que não haverá a aplicação do mecanismo de isenção de cumprimento dos compromissos assumidos quanto aos porcentuais mínimos, nem para blocos em terra nem em mar. Também diz que, para as áreas terrestres contendo acumulações marginais de petróleo e gás natural, o conteúdo local não será objeto de exigência contratual.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também