Oportunidades Disfarçadas de Andy Warhol

Saídas criativas para problemas cabeludos
Por Oportunidades disfarçadasPublicado em 20/09/2017 16:07 | Última atualização em 20/09/2017 16:07Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Problema 1: como transformar um galpão de 500 metros quadrados num atelier descolado sem gastar quase nada? Solução: pintar tudo de prata, do teto ao chão. Assim, escondia-se as imperfeições sem precisar de reformas.

A ideia (literalmente) brilhante partiu do assistente do artista, Billy Linich, que também revestiu canos aparentes, maçanetas e até o vaso sanitário com papel alumínio.

Problema 2: como mobiliar este enorme espaço investindo o valor de uma sopa Campbell? Solução: recolher das ruas de Nova York cadeiras, mesa, armário e até um sofá (que se tornaria lendário) dispensados por seus donos. E então aplicar-lhes uma camada de spray prateado. “Mesmo os objetos mais velhos brilham de novo quando pintados assim”, explicou Linich.

Problema 3: como se apresentar como um jovem artista mesmo tendo uma pronunciada calvície (que lhe acrescentava muitos anos)? Solução: usar uma esvoaçante e chamativa peruca branca.

Foi com criatividade e ousadias como essas que Andy Warhol e seu estúdio The Factory se transformaram em referências internacionais de moda e comportamento. Personalidades de todo o mundo, como Bob Dylan, Mick Jagger, John Lennon, Lou Reed, Brigitte Bardot, entre diversos outros, fizeram questão de visitá-lo no estúdio.

Warhol também foi um competente empresário. Na época de sua morte, tinha um patrimônio avaliado em 220 milhões de dólares. Ao contrário de outros artistas, não via problema nenhum em fazer arte e dinheiro: “Ser bom em negócios é o tipo mais fascinante de arte”.

 

 

Fontes:

https://how-rich.com/3353/how-rich-was-andy-warhol/

http://z1portal.com.br/andy-warhol-o-icone-do-pop-art-que-segue-presente-30-anos-apos-sua-morte/