Um conteúdo GOTOSHOP

Nove passos fáceis para ter uma vida mais saudável dentro de casa

Alguns produtos podem ser grandes aliados para que você mude seus hábitos. Confira a nossa seleção!
E
Escolha Inteligente

Publicado em 12/03/2018 às 10:00.

Última atualização em 15/06/2018 às 12:03.

Deixar hábitos para trás, como comer de forma desregrada e ser sedentário, não é a missão mais fácil do mundo - muito pelo contrário. E para ajudar nessa empreitada listamos ajustes fundamentais para você adotar um estilo de vida mais equilibrado e saudável, de forma simples e definitiva:

1. Beba água

Ela é fundamental para hidratar o corpo. A água ajuda a eliminar toxinas e a reduzir a retenção de líquido. Por isso, se você passou os últimos tempos exagerando nos quitutes gordurosos e drinques, aposte nesse líquido poderoso. Se quiser potencializar ainda mais seu efeito detox, adicione ao líquido o suco de um limão. Caso você não tenha o hábito de tomar água, comece a fazer da squeeze a sua maior companheira diária.

2. Faça um diário alimentar

Sabe aquele caderno de anotações que está esquecido na gaveta? Faça dele o seu melhor amigo. Este é o primeiro passo para você ter noção de onde está exagerando. Funciona da seguinte maneira: anote todas as refeições do dia - inclusive os deslizes. Ao longo da semana, você terá uma noção melhor da quantidade de comida que ingeriu.

3. Trace objetivos

Reeducar sua rotina, com alimentação saudável e atividade física, só vai dar certo se for um projeto de vida. Mas é importante também celebrar as conquistas menores. Por exemplo, seu objetivo maior é a perda de peso? Subir na balança pode ser um estímulo, desde que, com acompanhamento médico, você estabeleça metas atingíveis ao longo do processo.

4. Encare o exercício físico como prioridade da sua rotina

Não curte se exercitar na academia? Não se desespere. Há acessórios que possibilitam queimar calorias dentro de casa. Você já pensou em fazer um treino aeróbico pulando corda? Outra opção prática é investir em uma faixa elástica para fazer exercícios que estimulem e melhorem tanto sua coordenação motora quanto sua flexibilidade. Pense também em acessórios que podem ser usados de diversas formas, como é o caso da bola de pilates, que auxilia também na ioga ou em exercícios funcionais.

5. Livre-se de hábitos que podem colocar a dieta a perder

Separar um dia para organizar a alimentação da semana inteira é uma opção que pode impedir que, em dias de muito cansaço, você desista de levar marmita para o trabalho e se renda aos pratos calóricos. Os alimentos pré-cozidos e congelados, como brócolis, couve-flor, sopas, caldos, carnes refogadas, deixam a vida mais simples e evitam os deslizes. Quando chegar em casa você terá uma boa parte do cardápio organizada. Depois é só descongelar e fazer um sanduíche ou um prato mais leve para o jantar ou para o almoço do dia seguinte no trabalho.

6. Não seja tão duro com você mesmo

Ser focado é muito importante, mas radicalismo pode gerar frustração. A dica para manter a dieta com equilíbrio é escolher uma refeição na semana para comer aquilo que você gosta – isso vai estimular a não botar o pé na jaca nas demais refeições e, definitivamente, seguir em frente.

7. Use a tecnologia a seu favor

Você precisa de estímulos para levantar do sofá? E se você soubesse de fato quantos passos ou calorias gastou durante o dia? Hoje em dia basta colocar um relógio no pulso para saber, inclusive, a qualidade do seu sono.

8. Medite

Fechar os olhos e se concentrar apenas em você, mesmo que seja por um curto período de tempo, pode fazer maravilhas pela sua saúde – tanto no longo quanto no curto prazo. De acordo com um estudo realizado pela Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, meia hora de meditação já é suficiente para dar aquele boost no humor. A consciência corporal ajuda, e muito, na produção de serotonina. Está esperando o que para pegar seu fone de ouvido?

9. Durma bem

Passar a noite em claro estimula a produção de grelina - hormônio que aumenta a fome e os estoques de gordura. Uma pesquisa da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, revelou que passar pouco tempo na cama ou sem qualidade traz outro prejuízo: reduz o ritmo do metabolismo. Quando você dorme mal, o organismo entende que precisa economizar energia.

Vitrine Go To Shop: Produtos indispensáveis para uma vida mais saudável