Casual

Daimler vai trocar nome para Mercedes-Benz a partir de 1º de fevereiro

A mudança será a mais recente em uma série de reformulações estruturais na montadora de carros de luxo que começou suas atividades como Daimler-Benz em 1926

A marca Mercedes, adotada em homenagem à filha de um empresário do setor automotivo, foi oficialmente adotada pela Daimler em 1902. (Thomas Niedermueller/Getty Images)

A marca Mercedes, adotada em homenagem à filha de um empresário do setor automotivo, foi oficialmente adotada pela Daimler em 1902. (Thomas Niedermueller/Getty Images)

R

Reuters

Publicado em 28 de janeiro de 2022 às 17h52.

Última atualização em 28 de janeiro de 2022 às 18h02.

A Daimler vai ser formalmente rebatizada de Mercedes-Benz na terça-feira, quase um ano após o anúncio da separação da divisão de caminhões e ônibus do grupo, em uma estratégia que a companhia espera que destrave valor para acionistas.

A mudança será a mais recente em uma série de reformulações estruturais na montadora de carros de luxo que começou suas atividades como Daimler-Benz em 1926. A marca Mercedes, adotada em homenagem à filha de um empresário do setor automotivo, foi oficialmente adotada pela Daimler em 1902.

"Temos uma chance real de elevar os múltiplos", disse o presidente executivo da Daimler, Ola Kaellenius, nesta sexta-feira, sem informar valores.

"Investidores poderão começar a considerar a Mercedes como a Lucid Motors ou a Tesla e dar à empresa um múltiplo de montadora de carros elétricos", disse o analista Tom Narayan, da RBC Capital Markets.

"Mas Lucid e Tesla começaram como 100% elétricas. Para a Mecedes, será necessário converter os negócios de combustão interna em elétricos. Isso pode ser uma limitação sobre o múltiplo no curto prazo."

Acompanhe tudo sobre:Mercedes-Benz

Mais de Casual

'Anora', de Sean Baker recebe a Palma de Ouro em Cannes; veja a lista de vencedores

Vídeo de americana viraliza no TikTok e convida a passeio pelo Rio de Machado de Assis

Como é e quanto custa viajar de jato particular para 5 destinos entre os mais incríveis do mundo

Grande Prêmio do luxo: como Mônaco enriquece a imagem da Fórmula 1

Mais na Exame