Carreira

Os executivos de mídia que ganham os melhores salários

Juntos, os presidentes mais bem pagos embolsaram quase 700 milhões de dólares ao longo de 2013. Em alguns casos, aumentos chegaram a 96%

Dólares (Karen Bleier/AFP)

Dólares (Karen Bleier/AFP)

Talita Abrantes

Talita Abrantes

Publicado em 23 de abril de 2014 às 12h53.

São Paulo - Juntos, os nove executivos do setor de mídia que recebem os melhores salários nos Estados Unidos embolsaram o equivalente a quase 700 milhões de reais no ano passado. É o que mostra um levantamento feito pelo site The Wrap, especializado na cobertura dos negócios de Hollywood. 

Os presidentes receberam aumentos de até 96%. Este é o caso do CEO da Lionsgate, John Feltheimer, que ganhou R$ 28,2 milhões ao longo do ano passado. 

Mark Zuckerberg, do Facebook, por outro lado, terminou 2013 com mais ou menos 1 milhão de reais a mais no bolso, segundo o estudo. O valor é pouco se comparado com os R$ 4,4 milhões recebidos no passado.

Mas há uma explicação para o fenômeno: desde 2013, Zuckerberg recebe apenas1 dólar de salário fixo. Portanto, entende-se que o valor se refere apenas à remuneração variável embolsada pelo executivo - isso sem contar a fortuna em ações que ele abriga. 

Acompanhe tudo sobre:Executivosmark-zuckerbergMídiaPersonalidadesSaláriosSalários de executivosServiçosTim Cook

Mais de Carreira

24 milhões de empregos até 2030: mercado trilionário cresce, mas com poucos talentos qualificados

“Por que devo te contratar?”: como responder a essa pergunta na entrevista de emprego

O que é ponto facultativo e quem tem direito?

Entenda a diferença entre salário líquido e salário bruto e aprenda a calcular

Mais na Exame