Mulheres ricas dizem que covid prejudica carreira e barra promoções

Uma pesquisa do UBS Group AG descobriu que 61% de mulheres ricas acreditam que a covid-19 está prejudicando suas carreiras, suspendendo aumentos e promoções

A pandemia tem sido difícil para as mulheres trabalhadoras — mesmo aquelas com alta renda.

Uma pesquisa do UBS Group AG descobriu que 61% de mulheres ricas acreditam que o surto de covid-19 está prejudicando suas carreiras, enquanto cerca de 40% disseram que a pandemia suspendeu os aumentos salariais e promoções, pois trabalharam menos para ajudar seus filhos na escola. E um em cada quatro entrevistados disse que adiou planos de aposentadoria ou considerou deixar o mercado de trabalho completamente.

“A covid definitivamente atrapalha as mulheres,” disse Paula Polito, vice-presidente de divisão da UBS Global Wealth Management, em entrevista. “Quer se trate de sua capacidade de rendimentos, aumentos e promoções, dinheiro gasto durante aquele período, atrasos em seus planos de aposentadoria,” a carreira das mulheres está sendo prejudicada enquanto suportam uma carga de trabalho doméstica maior, disse ela.

A pesquisa do UBS ecoa uma tendência econômica mais ampla: as mulheres, especialmente aquelas na faixa etária com maior probabilidade de ter filhos pequenos, estão abandonando o mercado de trabalho pelo ritmo mais rápido desde o auge da pandemia, já que muitas escolas e creches permanecem fechadas.

“Não importa se você é uma mulher poderosa da área de finanças ou uma mulher que trabalha como garçonete em um restaurante, você não vai desistir de seus filhos pelo seu trabalho”, disse Polito.

A pandemia também levou 68% das mulheres a discutir dinheiro com mais frequência com seus parceiros e 49% a falar sobre herança com seus filhos, de acordo com a pesquisa do UBS. A empresa entrevistou 1.507 investidores americanos — 991 mulheres e 516 homens — com pelo menos 250.000 dólares em investimentos de 21 de dezembro a 4 de janeiro.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.