Carreira

No Sudeste, mais da metade do Vale-Refeição e Alimentação é gasto nos primeiros sete dias do mês

Pesquisa da startup de benefícios flexíveis Flash ainda apontou que no dia 18 de cada mês os trabalhadores do Sudeste já estão com menos de 10% do saldo dos benefícios de alimentação

Restaurante sel-service: benefícios de alimentação duram pouco (Thinkstock/Thinkstock)

Restaurante sel-service: benefícios de alimentação duram pouco (Thinkstock/Thinkstock)

Luciana Lima
Luciana Lima

Repórter de Carreira

Publicado em 14 de março de 2023 às 17h27.

Última atualização em 14 de março de 2023 às 19h43.

Segundo um estudo da Flash, startup de benefícios flexíveis, os profissionais do Sudeste gastam mais da metade do Vale-Refeição e Alimentação nos primeiros sete dias do mês.

O estudo, que levou em consideração informações de mais de 500 mil usuários da Flash nos últimos 90 dias, apontou que existe um consumo acelerado do saldo nos primeiros sete dias do mês, com uma queda de 100% para 49% neste período. Nos 11 dias seguintes existe um consumo mais moderado e uniforme.

Inflação dos alimentos diminui poder de compra

Isabella Vieira, diretora comercial da Flash, aponta que a inflação dos alimentos que, em março, completou um ano com alta acima de 10%, é uma das responsáveis pela curta duração dos benefícios.

“A queda elevada nos primeiros dias do mês é esperado, já que muitos funcionários realizam compras mensais neste período. Entretanto, com a alta dos alimentos no último ano esse gasto se acelerou e a queda se tornou mais rápida. Com o passar do mês, a curva se mantém mais uniforme e controlada”, afirma Isabella.

O levantamento ainda descobriu que no dia 18 de cada mês, os trabalhadores já estão com menos de 10% do saldo dos benefícios de alimentação.

De acordo com o estudo da Flash, o ticket médio de gasto diário também segue a média nacional, sendo de R$83.

A região sudeste inicia o mês com um valor de R$113 e atingindo o ponto mais baixo de R$59 no décimo terceiro dia. Entre os principais locais de consumo estão supermercados (35%), restaurantes fast food (17%) e restaurantes em geral (12%).


Inscreva-se e receba por e-mail dicas e conteúdos gratuitos sobre carreira, vagas, cursos, bolsas de estudos e mercado de trabalho.

Acompanhe tudo sobre:BenefíciosAlimentaçãodicas-de-carreira

Mais de Carreira

"Quais são seus pontos fracos?": saiba como responder em uma entrevista de emprego

"Qual a sua pretensão salarial?": como responder a essa pergunta na entrevista de emprego

Adeus, hora extra? Inteligência artificial pode acabar com o maior pesadelo dos executivos

Programa de estágio de férias em Direito: escritório abre vagas com bolsa-auxílio de R$ 1.700

Mais na Exame