Carreira

Qual é o salário de um diretor de tecnologia? Descubra remuneração e habilidades demandadas

Estudo consultou 2 mil executivos de várias empresas na América Latina

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 13 de maio de 2024 às 17h21.

Última atualização em 13 de maio de 2024 às 17h23.

Tudo sobreGuia de Carreira
Saiba mais

Após um período marcado por contratações em larga escala e com o olhar voltado para os conhecimentos técnicos, as empresas têm buscado um novo perfil de profissionais para a posição de Chief Technology Officer (CTO na sigla em inglês). É o que aponta um estudo realizado com executivos da alta liderança de empresas de diversos setores pelo PageGroup. Entre as habilidades requisitadas, ter bom relacionamento interpessoal, aptidão para gerir grandes equipes e projetos com eficiência, assertividade e menor custo.

De acordo com Humberto Wahrhaftig, diretor executivo na Page Executive, as empresas estão de olho em novos perfis de CTOs. “As organizações de tecnologia, como as startups e scale-ups, procuram profissionais criativos e com um bom portfólio de experiências. A mudança no mercado também faz com que empresas de outros segmentos sejam mais assertivas nas contratações, demandando líderes que tenham implementado ferramentas, softwares e sistemas com bons indicadores e habilidade de gerenciar as relações com os demais colaboradores”, explica.

Algumas empresas de tecnologia iniciantes no mercado passam por uma readequação na contratação dos líderes de tecnologia, após terem investido em profissionais técnicos que não conseguiram se adaptar e engajar o time para atingir os resultados esperados. “É comum encontrarmos profissionais com expertise para solução de tarefas complexas, mas sem as competências necessárias para posições de liderança. Aprimorar as habilidades, se atualizar constantemente, adquirir novos conhecimentos em comunicação, desenvolver o poder de decisão e engajamento de equipes são lições fundamentais para quem atua na liderança tecnológica de uma organização”, afirma o executivo.

Qual o salário de um CTO?

De acordo com dados da Pesquisa de Remuneração para presidentes e diretores executivos da Page Executive, unidade de negócios do PageGroup especializada no recrutamento de executivos da alta liderança, a remuneração mínima mensal média de CTO no Brasil variou de R$ 30 mil a R$ 60 mil em 2023. “Observamos no último ano que o cenário menos favorável na economia provocou estabilidade na remuneração em empresas de todos os portes e os salários não sofreram grandes movimentações”, conclui Humberto.

O estudo foi realizado de outubro de 2023 a fevereiro de 2024 e contou com a participação de 2 mil executivos da alta liderança que atuam em empresas de diversos setores de pequeno, médio e grande porte na América Latina. A remuneração desses profissionais é classificada por faixas, de acordo com o porte de faturamento da empresa onde atuam: até R$ 250 milhões, de R$ 250 milhões a R$ 500 milhões, de R$ 500 milhões a R$ 1 bilhão e acima de R$ 1 bilhão.

Empresas com faturamento até R$ 246 milhões:

  • 2021: R$ 30 mil a R$ 50 mil
  • 2023: R$ 30 mil a R$ 50 mil

Empresas com faturamento de R$ 247 milhões a R$ 494 milhões:

  • 2021: R$ 30 mil a R$ 60 mil
  • 2023: R$ 30 mil a R$ 60 mil

Empresas com faturamento de R$ 495 milhões a R$ 1 bilhão:

  • 2021: R$ 40 mil a R$ 80 mil
  • 2023: R$ 40 mil a R$ 80 mil

Empresas com faturamento acima de R$ 1 bilhão:

  • 2021: A partir de R$ 60 mil
  • 2023: A partir de R$ 60 mil

Leia também

Acompanhe tudo sobre:Guia de Carreira

Mais de Carreira

RH Summit 2024: confira os destaques do maior evento de RH do Brasil

Saiba como desbloquear o potencial da sua empresa com o “novo mosaico da cultura organizacional”

Veja 7 dicas infalíveis para conseguir um aumento de salário

RH Summit 2024 | ROI do RH: como provar que o setor dá lucro

Mais na Exame