Carreira

Como impressionar na entrevista de emprego: dicas práticas

A hora da entrevista é o momento em que o profissional de recursos humanos pode conhecer o candidato e validar as informações que foram apresentadas no currículo. Esteja preparado.

 (Divulgação: fizkes/Getty Images)

(Divulgação: fizkes/Getty Images)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 17 de março de 2024 às 08h00.

Receber um convite para uma entrevista de emprego desperta uma mistura de sentimentos, incluindo alegria pela aproximação de uma nova oportunidade e ansiedade devido à incerteza sobre o processo de entrevista.

Para mitigar o nervosismo e aumentar a confiança diante dos recrutadores, é crucial estar bem preparado.

Como se preparar para uma entrevista de emprego

A preparação para a entrevista de emprego envolve entender os primeiros pontos de interação com o recrutador, que geralmente são o currículo e a carta de apresentação. Esses documentos introduzem o candidato e suas qualificações, mas a entrevista é a oportunidade para o recrutador avaliar pessoalmente as competências e a veracidade das informações fornecidas.

Um preparo inadequado pode levar a erros que prejudicam as chances do candidato de avançar no processo de seleção. Portanto, familiarizar-se com a empresa para a qual está se candidatando é crucial. Investigar sobre a história, principais realizações, desempenho no mercado e aspectos específicos do setor em que opera são tarefas essenciais para formar uma base sólida de conhecimento.

Este entendimento não só enriquece a conversa durante a entrevista, mostrando que o candidato tem um interesse genuíno e bem fundamentado na posição, mas também equipa o candidato com insights valiosos que podem ser usados para alinhar suas respostas e discussões com os objetivos e valores da empresa.

Comunicação não-verbal

A comunicação não-verbal desempenha um papel significativo na maneira como nos expressamos, conforme ilustrado pelo estudo de Mehrabian. Ele revela que apenas 7% da nossa comunicação é verbal, baseada no conteúdo das palavras, enquanto 38% é vocal, englobando dicção, ritmo, volume e entonação, e uma expressiva parcela de 55% é não-verbal, compreendendo gestos, expressões faciais e postura.

Pesquisas da Universidade de Glasgow destacam a rapidez com que nosso cérebro avalia a personalidade de alguém, levando apenas meio segundo para formar uma opinião. Portanto, além do foco no conteúdo da fala, é essencial prestar atenção às mensagens transmitidas pelo corpo, pois elas influenciam fortemente a percepção alheia.

Atente-se às suas expressões faciais, pois elas são cruciais para comunicar suas emoções durante a entrevista. Pratique um sorriso autêntico e cheio de energia diante do espelho para conseguir expressá-lo de forma natural ao entrevistador.

  • A postura também é fundamental na transmissão de confiança; manter a coluna ereta, os ombros alinhados, as mãos estáveis e as pernas paralelas ajuda a projetar uma imagem de segurança e profissionalismo.

Dress code na entrevista

Vestir-se adequadamente para a ocasião reflete respeito e profissionalismo. É importante exercitar o bom senso ao escolher o vestuário, seguindo algumas diretrizes básicas:

  • Escolha trajes formais para causar uma impressão profissional;
  • Evite acessórios ruidosos que possam distrair;
  • Prefira cores neutras ou sóbrias, que transmitem seriedade;
  • Mantenha uma boa higiene pessoal;
  • Seja discreto quanto a decotes e o comprimento de saias e vestidos;
  • Use uma maquiagem sutil, adotando a máxima de que menos é mais.

Embora importante respeitar o código de vestimenta, isso não significa abrir mão da sua individualidade. Adaptar-se ao dress code da empresa demonstra que você valoriza e compreende a cultura organizacional.

Lembre-se de que, na entrevista, todos os aspectos são observados, então cada detalhe do seu visual e comportamento contribui para a impressão geral transmitida ao recrutador.

Perguntas frequentes na entrevista de emprego

No dia da entrevista de emprego, apesar de não se poder antecipar todos os acontecimentos, existem certas perguntas que frequentemente surgem durante o processo seletivo. Aqui estão algumas das questões mais comuns para as quais você deve estar preparado:

  • Onde você se vê em 10 anos?
  • Quais são seus objetivos de carreira?
  • Quais realizações você considera as mais importantes em sua vida profissional até agora?
  • Pode me falar sobre seus pontos fortes e áreas de melhoria?
  • Por que deveríamos escolher você para esta posição?
  • O que despertou seu interesse nesta oportunidade de trabalho?

Frequentemente, os entrevistadores indagam sobre a trajetória educacional e profissional do candidato. Eles também buscam entender a personalidade, interesses e hobbies do indivíduo para estabelecer uma conexão mais pessoal e avaliar o alinhamento cultural com a empresa.

Acompanhe tudo sobre:Guia de Carreira

Mais de Carreira

De estilista a presidente: os 4 passos para alcançar o sucesso, segundo a CEO do Grupo Malwee

Arteris investe em educação corporativa para lidar com desafios de diversidade geracional

Com salários de até R$ 96 mil, veja 12 profissões em alta no mercado para quem gosta de números

5 profissões para quem quer trabalhar com estatística

Mais na Exame