Acompanhe:
seloCarreira

Concurso Anac: Veja como concorrer as 70 vagas de nível superior com salário inicial de R$ 16 mil

Agência Nacional de Aviação Civil vai selecionar para o cargo de Especialista em Regulação de Aviação Civil com nível superior

Modo escuro

Continua após a publicidade
As inscrições para o concurso da Anac poderão ser feitas entre os dias 13 de dezembro de 2023 e 1º de janeiro de 2024 exclusivamente no site da banca, o Cebraspe (Divulgação: NurPhoto / Colaborador/Getty Images)

As inscrições para o concurso da Anac poderão ser feitas entre os dias 13 de dezembro de 2023 e 1º de janeiro de 2024 exclusivamente no site da banca, o Cebraspe (Divulgação: NurPhoto / Colaborador/Getty Images)

Foi publicado o edital para concurso da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) com 70 vagas imediatas, além do cadastro de reserva para o cargo de Especialista em Regulação de Aviação Civil. Os cargos são para nível superior com remuneração no valor de R$ 16.413,35.

Quais são os requisitos para cada área de atuação?

Segundo o edital, todas as vagas são para o cargo de Especialista em Regulação de Aviação Civil, mas o que diferencia são as áreas. Enquanto o especialista da área 1 tem como pré-requisito formação superior em qualquer área e ser piloto profissional, o cargo da área 2 é voltado para quem tem nível superior em engenharia e o da área 3 é aberto para formação superior em qualquer curso. As atribuições do cargo são focadas no exercício de atividades especializadas de regulação, inspeção, fiscalização e controle da aviação civil e serviços aéreos, bem como a implementação de políticas e a realização de estudos e pesquisas na área.

Como será a prova?

A seleção será composta de prova objetiva e discursiva, além de avaliação de títulos, e será aplicada nas 26 capitais dos estados brasileiros e no Distrito Federal.

A objetiva será composta de questões de conhecimentos básicos para todos os candidatos, e conhecimentos específicos de acordo com a área de atuação escolhida. Segundo o professor do Gran e especialista em preparação para concursos, Eduardo Cambuy, a surpresa do edital foi a ausência de língua portuguesa no conteúdo programático, já que essa costuma ser uma das principais disciplinas na maioria dos concursos. Para o professor, essa escolha já sinaliza um direcionamento que a banca quer dar ao concurso.

“Simplesmente a banca entende que língua portuguesa é básico, é algo que não precisa ser avaliado, e considera mais vantajoso fazer a avaliação dos itens de conhecimento técnico. O ponto de atenção aqui é que isso pode apontar para uma tendência nos concursos para as agências reguladoras, uma vez que a parte técnica é muito densa e eles podem aproveitar esses espaços que português tomava para ser intensificar a cobrança da parte técnica”.

O método Cespe

O cuidado que os concurseiros devem tomar na prova objetiva é com o método Cespe, segundo Cambuy, que afirma que o método é usado na correção do Cebraspe, no qual uma questão errada anula uma certa. O expert também alertou que a banca não costuma dar pesos diferentes aos itens, mas trabalha o peso com a quantidade de questões, além disso a parte técnica deve fazer uma grande diferença, já que tem maior número de questões e cobra matérias muito específicas, o que acaba mudando o nivelamento de resultados.

Sobre a prova discursiva, Cambuy alerta para o nível de especificidade que a banca teve, trabalhando com identificação de uma situação problema e o tema já traz um direcionamento. Ou seja, a banca já traz um nicho, um tema a ser tratado que é gerenciamento e segurança operacional. Serão 45 linhas no máximo, e a etapa vai valer pontos.

Anac não adere ao CNU

Cambuy também explica que a Anac não aderiu ao Concurso Nacional Unificado, apenas três autarquias aderiram ao CNU (Agência Nacional de Transportes Aquaviários, Agência Nacional de Energia Elétrica e Agência Nacional de Saúde Suplementar).

A prova do CNU, de acordo com o professor, será mais generalista, menos específica, abordando conhecimentos comuns, e esse pode ser um dos motivos da Anac ter escolhido não participar para ficar mais independente e mais célere, garantindo as necessidades específicas das áreas. Além disso, a Anac já estava conduzindo o processo para o concurso antes do Concurso Nacional Unificado.

Como se inscrever?

As inscrições poderão ser feitas entre os dias 13 de dezembro de 2023 e 01 de janeiro de 2024 exclusivamente no site da banca, o Cebraspe. A taxa de inscrição foi fixada em R$ 160.

As provas estão previstas para aplicação no dia 3 de março de 2024.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
A empresa pode fazer perguntas sobre signo e mapa astral em entrevista de emprego?
seloCarreira

A empresa pode fazer perguntas sobre signo e mapa astral em entrevista de emprego?

Há 12 horas

As lições de um empresário que largou a CLT e deve faturar R$ 25 milhões com moda e viagem
seloCarreira

Ele largou o CLT para apostar em um negócio que deve faturar R$ 25 milhões

Há 19 horas

O truque simples que pode te fazer ser contratado na hora — mas que muitos ignoram
seloCarreira

O truque simples que pode te fazer ser contratado na hora — mas que muitos ignoram

Há 21 horas

Liderança: o que é e qual a importância no mercado corporativo
seloCarreira

Liderança: o que é e qual a importância no mercado corporativo

Há 22 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais