Adote um CV: projeto dá visibilidade para quem foi demitido na pandemia

Desde que entrou no ar em abril, o site já teve 10 mil perfis cadastrados -- e 100 pessoas conseguiram um novo emprego

Os empregos também foram vítimas do novo coronavírus: 305 milhões de ocupações no mundo foram perdidas por causa da pandemia. Os dados aparecem na reportagem “Um Brasil desempregado”, na nova edição da EXAME.

Vendo grandes listas e histórias de pessoas recentemente demitidas no Brasil, os amigos Rodrigo Chiesa e Paulo Silva, que trabalham com design e tecnologia, tiveram uma ideia para ajudar os profissionais a se recolocarem no mercado.

“A ideia veio de um estalo que tivemos: e se as pessoas adotarem currículos? Desenvolvemos o projeto em uma madrugada, juntamos bancos de dados e colocamos no ar sem pretensão nenhuma”, conta Paulo Silva.

O projeto do Adote um CV é simples: a página inicial do site mostra um dos currículos cadastrados e a pessoa pode compartilha-lo em suas redes sociais. A ideia é criar uma corrente do bem para dar visibilidade para quem procura emprego e aumentar a exposição daquele currículo em redes de contatos.

Desde que entrou no ar em abril, o site já teve 10 mil perfis cadastrados, 665 mil visualizações e 11 mil compartilhamentos em redes sociais, incluindo WhatsApp, Facebook, LinkedIn e Twitter. E 100 pessoas já entraram em contato com eles para tirar o perfil do banco após conseguirem um novo emprego.

O projeto não tem fins lucrativos, então a plataforma é gratuita e qualquer um pode se cadastrar.

“O resultado desta ação foi a desejada corrente do bem, que, em um momento tão complicado como este, pode dar esperança aos que precisam”, conta Chiesa.

Acesse o site aqui para também adotar um CV.

Vai se candidatar a uma vaga? Confira 17 modelos de currículo para baixar e preencher

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.