Bússola

Um conteúdo Bússola

Tecnologia disruptiva e inovação têm efeito inclusivo no sistema bancário

Confira novidades e informações exclusivas sobre economia e negócios na coluna semanal de notas da Bússola

Banco Central mantém na mira tendência social inclusiva para o setor. (PM Images/Getty Images)

Banco Central mantém na mira tendência social inclusiva para o setor. (PM Images/Getty Images)

B

Bússola

Publicado em 25 de agosto de 2021 às 09h00.

Por Marcio de Freitas*

Setores do Banco Central calculam que inovações introduzidas nos últimos anos no mercado financeiro podem diminuir as receitas dos bancos tradicionais em cerca de R$ 15 bilhões. Mas ampliaram o sistema de pagamento, melhoraram a eficiência e introduziram novas formas de relação entre os agentes financeiros. Isso abriu o mercado, permitindo a pessoas que antes não tinham acesso a uma simples conta bancária passarem a ser incluídas no sistema. Essa tendência social inclusiva, que enfrentou e ainda enfrenta resistência de alguns setores, continuará na mira do Banco Central, principalmente com ações voltadas para microcrédito e ampliação de tecnologias inovadoras e disruptivas, que já provocaram uma desconcentração no mercado financeiro nacional e uma melhoria de relações na microeconomia.

Títulos verdes

Mesmo com o impacto do grande número de incêndios neste ano, o Brasil ainda é um dos maiores mercados em títulos verdes da América Latinas. A soma acumulada chega a US$ 10,2 bilhões, segundo a Pesquisa Thematic Credit Operations, da Sitawi. O momento é propício para implementar finanças sustentáveis. O tema será debatido abordando o âmbito regulatório, o uso de tecnologias disruptivas e como as fintechs podem trabalhar essa pauta ao mercado. A Associação Brasileira de Fintechs (ABFitnechs) realiza o Fintopics | Green Finance e ESG: Propósito para as Fintechs - encontro virtual e gratuito no em 1 de setembro, quarta-feira, às 16h30.

Queimada na Amazônia

(Aldo Gamboa/AFP Photo)

Prevenção a incêndios

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) apresentará nesta quarta (25) um guia completo de prevenção e combate a incêndios em áreas de vegetação, matas e florestas, visando contribuir para que as agências públicas governamentais ou não, o setor privado e a população tenham conhecimentos gerais sobre o tema. O lançamento da Prática Recomendada ABNT PR 1014 será realizado no Salão Nobre da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), com transmissão pelo Zoom.

Usina solidária

O UniãoBR, em parceria com a Ambev e o Sistema Coca Cola, está doando uma usina de oxigênio ao Amapá. A ação visa continuar os trabalhos solidários durante a pandemia. A usina será enviada à cidade de Santana e possui capacidade de 8,5m³/hora e pode alimentar leitos de enfermaria de maneira ininterrupta, dispensando os cilindros e ficando de legado para o hospital.

Choque de inovação

A Energisa é a empresa privada e de capital nacional mais engajada em inovação aberta do setor elétrico brasileiro. O resultado foi divulgado pelo ranking Top Open Corps 2021. A premiação faz parte do Open Innovation Week. A comunidade monitora a evolução da inovação aberta e consagra empresas e startups líderes da prática no país. "Queremos que a energia elétrica esteja ao alcance de todos. Para transformar essa realidade, criamos novas demandas e apresentamos soluções que facilitam o dia a dia dos nossos clientes”, afirma Lucas Pinz, diretor de Estratégia e Inovação da Energisa

Cabine médica

Uma solução tecnológica brasileira para prover acesso a médicos especialistas para população de baixa renda acaba de ganhar o prêmio máximo da IEBS Business School da Espanha. Desenvolvido pela SAS Brasil (startup social focada em saúde do terceiro setor) e a Tecverde (empresa de inovação e tecnologia em construções), criou cabines nas quais os pacientes são atendidos por médicos especialistas à distância. O projeto possibilita a pessoas carentes acesso a médicos de especializações com pouca oferta no sistema de saúde.

Complexo da Maré, no Rio de Janeiro

Complexo da Maré, no Rio de Janeiro (Getty/Getty Images)

Protótipo na Maré

O protótipo da cabine de atendimento foi instalado no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, e já realiza cerca de 20 atendimentos diários. O plano é difundir a solução para mais de 40 milhões de brasileiros que não conseguem hoje ter acesso hoje aos especialistas.

Caipisake

Primeiro e único saquê gaseificado com fruta de verdade, em uma garrafinha de 275ml, com 7% de teor alcoólico, sem glúten, sem corantes e com baixa caloria. Este é o GÀZ Sake, bebida criada em 2018 por Gustavo Palombini, Fernanda Pontes, Yasmin Yonashiro e Yoann Van Eersel. O desafio agora é quebrar o tabu de que saquê é bebida para se tomar apenas em restaurantes japoneses. A empresa teve como investidores anjo dois dos sócios do Grupo Solum, Patricia Stille e Rodrigo Fiszman (também ex-sócios da XP) e hoje é comandada por Ernesto Mendonça.

Viagem sustentável

A Dynamic Travel TMC acaba de se tornar signatária do Pacto Global da ONU, a mais importante e relevante iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo. A empresa brasileira de viagens corporativas se junta a mais de 13 mil empresas que compõem a rede de apoio ao Pacto.

TI em alta

Um estudo da consultoria de inteligência de mercado IDC prevê que o mercado brasileiro de TI corporativa deve crescer 11% até o fim deste ano. Um dos motivos é a continuidade da necessidade das empresas em fornecer infraestrutura para os funcionários trabalharem em home office, já que com a pandemia as empresas precisaram se adaptar rapidamente.

(Dowell/Getty Images)

Mais tablets

O mercado de tablets e notebooks vai gerar US$ 4,7 bilhões em 2021 – 21% mais que o ano anterior, o que representa 7,3% de todo investimento de TI no país, segundo o IDC. A previsão é de 71% no incremento das vendas de tablet no mercado corporativo, enquanto as vendas de notebooks devem crescer 25%.

Seguro de vida

A WinSocial, insurtech de seguro de vida para pessoas com diabetes, vem registrando crescimento exponencial. Em 2020, o aumento foi de 488% em novas vendas de seguro de vida, em comparação com 2019. Nos primeiros seis meses deste ano, a startup ampliou seu faturamento em 428%, em relação ao mesmo período do ano passado.

Inovação em debate

Nesta quinta-feira (26), às 9h, o centro de inovação César lança em parceria com a célebre universidade americana MIT Sloan o livro Transformação Digital – Uma Jornada Possível em um evento digital. A ocasião terá a participação especial de David Rogers, referência mundial em transformação digital, autor de quatro livros e consultor de grandes multinacionais como Google e Citi. Rogers vai discutir o assunto com Eduardo Peixoto, CDO do César, Igor Calvet, presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, e Adriana Salles, Diretora-editorial da MIT Sloan Management Review Brasil.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter | Facebook | Youtube

Acompanhe tudo sobre:Banco Centraleconomia-brasileiraInovaçãoSustentabilidade

Mais de Bússola

Vinicius Hilkner: a IA Generativa é o integrante essencial que faltava no seu time? 

Melhor empreender no campo ou na cidade? Conheça jovens da Bahia que escolheram a primeira opção

A empresa centenária e familiar que se orgulha de ter 85% de presença feminina entre funcionários 

Como utilizar os meios digitais para atrair e reter pacientes em clínicas e consultórios?

Mais na Exame