Olavo é dono do seu nariz, diz Bolsonaro sobre críticas aos militares

Na reunião ministerial, Bolsonaro pediu aos ministros que não aceitem provocações e que virem a página
Bolsonaro: "O pessoal fala muito em engolir sapo e eu engulo sapo pela fosseta lacrimal", afirmou o presidente (Adriano Machado/Reuters)
Bolsonaro: "O pessoal fala muito em engolir sapo e eu engulo sapo pela fosseta lacrimal", afirmou o presidente (Adriano Machado/Reuters)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 07/05/2019 às 18:00.

Brasília — O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira, 7, ao ser questionado sobre se iria pedir ao escritor Olavo de Carvalho para baixar o tom em relação às críticas aos militares, que "Olavo é dono do seu nariz, assim como eu sou do meu e você é do seu". "Eu recebo críticas muito graves e não reclamo. O pessoal fala muito em engolir sapo e eu engulo sapo pela fosseta lacrimal", afirmou, mostrando-se irritado com as perguntas a respeito de Olavo de Carvalho.

Na reunião ministerial realizada pouco antes, o presidente tentou pôr panos quentes nos recentes ataques entre olavistas e militares. Na reunião, o presidente pediu para que os ministros não aceitem provocações e que virem a página. Um dos ministros presentes ao encontro disse que há uma preocupação e incômodo com a atenção que se dá a essa questão das mídias sociais que acabam atrapalhando o governo.