Brasil

Executivo do Facebook preso no Brasil será solto nesta manhã

Segundo o funcionário do TJ, Dzodan deve ser solto nas próximas horas depois que um juiz reverteu a decisão de uma corte inferior


	Diego Dzodan, VP do Facebook: segundo o funcionário do TJ, Dzodan deve ser solto nas próximas horas depois que um juiz reverteu a decisão de uma corte inferior
 (Reprodução/ Facebook)

Diego Dzodan, VP do Facebook: segundo o funcionário do TJ, Dzodan deve ser solto nas próximas horas depois que um juiz reverteu a decisão de uma corte inferior (Reprodução/ Facebook)

DR

Da Redação

Publicado em 2 de março de 2016 às 08h46.

São Paulo - O vice-presidente do Facebook na América Latina, Diego Dzodan, deve ser solto nesta quarta-feira após passar cerca de 24 horas preso em São Paulo por não obedecer uma ordem judicial que solicitava informações à empresa, informou um assessor do Tribunal de Justiça de Sergipe.

Segundo o funcionário do TJ, Dzodan deve ser solto nas próximas horas depois que um juiz reverteu a decisão de uma corte inferior que havia resultado na prisão do executivo.

Acompanhe tudo sobre:cidades-brasileirasEmpresasEmpresas americanasEmpresas de internetempresas-de-tecnologiaFacebookInternetMetrópoles globaisRedes sociaissao-paulo

Mais de Brasil

Bolsonaristas criticam Moraes por derrubar norma sobre aborto; governistas apoiam decisão

Enchentes agora atingem SC; mais de 800 estão fora de casa devido a inundações

Nível do Guaíba cai 17 cm em Porto Alegre e segue baixando

Adaptação das cidades à crise climática exige mudança de paradigma, dizem especialistas

Mais na Exame