Brasil

As melhores propostas na fase inicial do leilão dos aeroportos

Valor inicial de outorga pelo aeroporto de Guarulhos é cinco vezes maior do que o mínimo estabelecido

Melhores propostas pela concessão dos aeroportos de Guarulhos, Campinas e Brasília vão a leilão viva-voz (Mario Rodrigues/EXAME.com)

Melhores propostas pela concessão dos aeroportos de Guarulhos, Campinas e Brasília vão a leilão viva-voz (Mario Rodrigues/EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 7 de fevereiro de 2012 às 12h32.

São Paulo - Conheça as melhores propostas iniciais apresentadas pelos consórcios concorrentes no leilão de concessão dos aeroportos de Guarulhos (Cumbica), Campinas (Viracopos) e Brasília. Estes consórcios participarão do leilão viva-voz, que começa às 11h50 na sede da BM&FBovespa.

Os consórcios que apresentaram as melhores propostas podem oferecer lances para arrematar a concessão dos três aeroportos, entretanto, podem vencer apenas uma das disputas. Oferecendo a proposta vencedora por um dos aeroportos, o consórcio é automaticamente eliminado da disputa pelos outros dois.

Para a disputa viva-voz foram os lances mínimos deverão ter uma diferença em relação ao lance anterior de 800 milhões para Guarulhos, 400 milhões para Campinas e 200 milhões para Brasília. Durante esta fase, os consórcios podem fazer quantos lances quiserem para mais de um aeroporto. A cada novo lance, o sistema eletrônico reclassificará as propostas, permitindo que os concorrentes façam também novos lances.

Guarulhos

O valor de outorga mínimo estabelecido para o aeroporto de Cumbica era de 3,4 bilhões de reais.

  • Consórcio Invepar ACSA - 16,2 bilhões de reais
  • Consórcio Aeroportos do Brasil - 12,8 bilhões de reais.
  • Consórcio Operadora Brasileira de Aeroportos - 12 bilhões de reais

Campinas

O valor de outorga mínimo estabelecido para o aeroporto de Viracopos era de 1,47 bilhão de reais.

  • Consórcio Aeroportos Brasil - 3,82 bilhões de reais
  • Consórcio Novas Rotas - 2,52 bilhões de reais
  • Consórcio Invepar ACSA - 2,11 bilhões de reais
  • Consórcio Operadora Brasileira de Aeroportos - 1,7 bilhão de reais

Brasília

O valor de outorga mínimo estabelecido para o aeroporto em Brasília era de 582 milhões de reais.

  • Consórcio Inframérica Aeroportos - 3,5 bilhões de reais
  • Consórcio Invepar ACSA - 3,2 bihões de reais
  • Consórcio ADC&Has-Fidens-Millstream - 3,08 bilhões de reais 
  • Consórcio Operadora Brasileira de Aeroportos - 2,80 bilhões de reais
Acompanhe tudo sobre:ACSAAeroporto de BrasíliaAeroporto de GuarulhosAeroportosAeroportos do BrasilBrasíliaEmpresasInframéricaInveparSetor de transporteTransporte e logísticaTransportestransportes-no-brasilViracopos

Mais de Brasil

Casas de apostas terão que comunicar operações suspeitas ao Coaf e classificar risco de apostadores

Lula assina decreto reajustando Bolsa Atleta em 10,86%

Base Aérea de Canoas funcionará 24 horas por dia

Mais na Exame