Integração de Cultura com Fnac começa a sair do papel

A Cultura, no vermelho desde 2014, não quer perder o foco de vendas da Black Friday e do Natal.

São Paulo – Dois meses após a Livraria Cultura comprar a Fnac, a integração das redes começa a sair do papel. O catálogo de 220 000 livros da Cultura está sendo distribuído na Fnac, e os acervos dos sites serão integrados em outubro. Mas a reforma das 30 lojas só deverá começar em 2018. A Cultura, no vermelho desde 2014, não quer perder o foco de vendas da Black Friday e do Natal.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.