Danone Nations Cup se reposiciona e, global, encontra seu propósito

Com a pandemia, competição mundial passa a ser online, combinando exercícios físicos e e-sport, mas com alcance real em programas que impactam a sociedade

Diante da impossibilidade de realizar competição física e os respectivs treinamentos devido à crise sanitária causada pela Covid-19, o Danone Nations Cup decidiu se posicionar com as crianças no mundo todo lançou uma competição online que combina exercícios físicos e e-sport, com o suporte de embaixadores internacionais famosos. Nesta nova era do e-sporte, o Danone Nations Club se tornará uma nova experiência, combinando exercícios físicos em campo e para treinamento para melhorar o desempenho offline e online.

Os participantes poderão se inscrever em um dos 8 torneios regionais (Europa, África do Norte, África do Sul, Ásia, América do Norte e América do Sul) e os vencedores representarão seus países na The Ultimate Football Experience. A 1ª Temporada do Club terminará em 30 de outubro de 2021. O Club estará disponível em oito idiomas (inglês, francês, espanhol, alemão, italiano, português, árabe e japonês) e estará aberto a todas as crianças de 10 a 15 anos. Todos os jogadores competirão internacionalmente uns contra os outros, enfrentando desafios promovidos por embaixadores. As crianças enfrentarão desafios que exigem habilidades físicas e mentais. Quanto mais elas se exercitarem e praticarem, mais chances terão de subir na tabela de classificação.

Em parceria com a Yunus Sport Hub - fundada pelo incrível e necessário para nossa história recente Prof. Mohammad Yunus-, Peace and Sport, Watering Minds, Kipsta, o evento permitirá que as crianças, jogando futebol e enfrentando desafios, mudem o jogo, por meio de Pontos de Impacto. Diversas ONGs são destacadas no Club por suas iniciativas de apoio positivo às comunidades locais. As crianças darão seus Pontos aos projetos que desejam impactar. Mais do que nunca, as crianças vão mudar o jogo enquanto jogam futebol. Ao final da competição, os projetos mais votados serão apoiados pela Copa das Nações Danone e seus parceiros, financeiramente, mas também com tempo humano e rede.

O Danone Nations Club entra em um mundo completamente novo entrando no e-sport, ainda que busque permanecer fiel a si e seus valores. Em conversa com Julia Aronchi, Gerente de Comunicação da Danone, ficou clara a responsabilidade na mudança de rota. “O tempo de tela aumentou e de atividade esportiva diminuiu. Queremos levar ao jovem a importância da saúde e espírito de cooperação. O evento tem como tradição ter atividades educativas. A ideia nunca foi ter apenas os melhores resultados técnicos. A sociedade atual precisa ainda mais de nós”, apontou a executiva. Sobre as expectativas, Julia foi Clara: “  A gente tem vontade de retomar os campeonatos físicos, porque é importante a interação, mas estamos apaixonados pela plataforma e a gente visualiza que esse modelo será híbrido no futuro ”. Danone acertou no ajuste de rotas. Talvez tenham encontrado, com a descentralização e democratização de seu evento um caminho impossível de ser desfeito. Tomara que seja assim.

 (Danone Nations Cup/Divulgação)

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também