Porto Seguro dobra aposta no mercado pet e fica com 13,5% da Petlove

A seguradora passa a deter 13,5% de participação na Petlove, e, em contrapartida, transfere sua operação de seguro pet para a startup

De olho no crescente mercado pet brasileiro, a seguradora Porto Seguro fechou uma aliança com a startup Petlove, conhecida pelo seu e-commerce de produtos para animais de estimação, para combinarem suas operações.

Criada em 1999 pelo médico veterinário Márcio Waldman, a Petlove está em expansão desde 2019 para construir um ecossistema de produtos e serviços para o mercado pet. Hoje ela é dona das marcas Vet Smart e DogHero e tem como investidores fundos como SoftBank e L Catterton. Neste ano, o grupo projeta faturamento de R$ 900 milhões.

Com a aliança anunciada nesta sexta-feira, 16, a Porto Seguro fica com 13,5% de participação na Petlove e transfere a sua operação de seguros pet para a startup. Assim, a marca Health for Pet, adquirida pela Porto Seguro em 2015, deixa de existir, dando lugar à Porto.Pet.

O novo negócio, que vem sendo construído há mais de um ano, já nasce com 41.000 clientes em carteira e tem grande potencial de expansão. Aproveitando a abrangência nacional do e-commerce da Petlove e de seu serviço de conteúdo VetSmart, que é usado por mais de 100.000 veterinários todos os meses, a Porto Seguro espera quintuplicar a base de clientes da Porto.Pet em cinco anos.

“Considerando que a Petlove tem 200.000 assinantes e mais de 7 milhões de visitas por mês no site, com mais de 3 milhões de clientes ativos, são projeções conservadoras”, diz Waldman.

As duas companhias estudam formas de integrar os negócios assim que o Cade aprovar a transação. A Petlove, por exemplo, poderá oferecer os serviços de hospedagens e passeios de animais de estimação da DogHero para a base de clientes da Porto.Pet.

"A nossa ideia é construir essas interações para levarmos uma solução mais completa para o tutor", diz Marcos Loução, vice-presidente de negócios financeiros e serviços da Porto Seguro.

Além dos tutores, a Porto.Pet está de olho também nos veterinários. A seguradora vê uma grande oportunidade de oferecer serviços financeiros e seguros para a base de profissionais da saúde que mantém relacionamento com a Petlove hoje. Além do serviço de conteúdo, a startup oferece software de gestão para pet shops, clínicas e hospitais veterinários.

A vez dos pets

O investimento da Porto Seguro no mercado pet não é sem motivo. O Brasil é o país com a terceira maior população de cães e gatos dentre os maiores mercados mundiais de pets, estimada em cerca de 88 milhões. Segundo a Euromonitor, as vendas de produtos para animais de estimação somam cerca de R$ 23,5 bilhões por ano e apresentam resiliência em cenários de crise ou desaceleração econômica. 

Somada a isso, há a crescente tendência de humanização dos pets pelos seus tutores. Os animaizinhos, que já eram considerados parte da família antes da pandemia, ganharam ainda mais carinho e atenção durante o período de isolamento social. Com isso, os gastos com rações com ingredientes naturais, brinquedos e outros itens de conforto e bem-estar aumentam.

Dentro desse contexto, é esperado que a demanda por planos de saúde para pets e serviços de assistência veterinária também siga crescendo. Posicionado a Porto.Pet como um grande player desse segmento, Petlove e Porto Seguro esperam fidelizar os clientes e vender desde ração até passeios.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.