Logo Exame.com
Breaking NewsSabesp

Sabesp: reunião do Estado para bater o martelo sobre oferta é adiada para dia 3

Início da oferta deve escorregar para a segunda quinzena de junho

Sabesp: follow-on deverá ter duas etapas (Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket /Getty Images)
Sabesp: follow-on deverá ter duas etapas (Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket /Getty Images)
Natalia Viri

Natalia Viri

23 de maio de 2024 às 19:04

Inicialmente prevista para hoje, a reunião do governo do Estado de São Paulo para fechar os últimos detalhes da oferta de privatização da Sabesp foi adiada para o próximo dia 3.

Com isso, o cronograma da oferta, estimada para ser lançada na primeira semana de junho, também foi postergado em duas semanas.

SAIBA ANTES: Receba as notícias do INSIGHT no seu Whatsapp

O Conselho Diretor do Programa de Privatização do Estado de São Paulo (CDPED) trabalha em ajustes finos da modelagem do follow-on que vai acontecer em duas etapas.

A primeira vai oferecer 15% da companhia para investidores estratégicos que vão ficar amarrados num acordo de acionistas por pelo menos cinco anos — até o fim do período previsto para universalização dos serviços de água e esgoto.

As duas melhores ofertas passam para a segunda etapa, em que o mercado vai escolher a vencedora. O martelo não está definitivamente batido, mas tendência é que aquela que receber um valor volume de demanda em relação ao book oferecido seja declarada vencedora.

Uma trava de múltiplo de book, de 2 a 3 vezes, consagra o vencedor. A partir desse patamar, quem oferecer o melhor preço médio entre estratégico e mercado vence.

Para o valor que vai constar em tela, vale a oferta do mercado. O valor a maior que vier a ser oferecido pelo estratégico será pago ao governo na forma de “equalização”, quase que como um prêmio pela participação no acordo de acionistas, segundo fontes ouvidas pelo INSIGHT.

A postergação na reunião ocorreu para avaliar pedidos de ajustes feitos por candidatos a investidores estratégicos, segundo uma fonte que está a par do processo. Há desde pedidos de alterações pontuais na estrutura de governança até interessados pedindo mais prazo para levantar funding.

Aegea, Equatorial, Veolia e IG4 estão entre os players que vem interagindo com a empresa, bancos e o Estado para participar do processo.

Para quem decide. Por quem decide.

Saiba antes. Receba o Insight no seu email

Li e concordo com os Termos de Uso e Política de Privacidade

Natalia Viri

Natalia Viri

Editora do EXAME IN

Jornalista com mais de 15 anos de experiência na cobertura de negócios e finanças. Passou pelas redações de Valor, Veja e Brazil Journal e foi cofundadora do Reset, um portal dedicado a ESG e à nova economia.

Continua após a publicidade
Dasa confirma negociação de hospitais com Amil e interesse de Tanure

Dasa confirma negociação de hospitais com Amil e interesse de Tanure

Um erro pode acabar com a privatização da Sabesp? Muita calma nessa hora

Um erro pode acabar com a privatização da Sabesp? Muita calma nessa hora