Logo Exame.com
Breaking NewsFusões e Aquisições

Dasa confirma negociação de hospitais com Amil e interesse de Tanure

Companhias teriam controle conjunto da Ímpar, que hoje reúne os hospitais da empresa da família Bueno e passará a ter também hospitais da operadora

Dasa: Ímpar deve receber pelo menos R$ 3 bilhões da dívida da companhia (Dasa/Divulgação)
Dasa: Ímpar deve receber pelo menos R$ 3 bilhões da dívida da companhia (Dasa/Divulgação)
Raquel Brandão

Raquel Brandão

10 de junho de 2024 às 15:09

Em meio à alta das ações de mais de 5% nesta segunda-feira, 10, a Dasa confirmou que está em negociação com a Amil e que as conversas estão em estágio avançado. A notícia foi antecipada nesta manhã pelo jornal Valor Econômico.

Com uma queima de caixa bilionária nos últimos meses, a empresa da família Bueno está negociando 50% do controle do capital da Ímpar, sua empresa de hospitais que receberia os hospitais da Rede Américas, da Amil. Como já havia antecipado o INSIGHT, nos planos de negociação da Amil, os hospitais localizados no Nordeste são ativos que a operadora busca um comprador. Assim como os hospitais da rede verticalizada, as unidades do Ceará e do Rio Grande do Norte não fazem parte da negociação com a Dasa.

De acordo com o comunicado desta segunda-feira, haveria a transferência de, pelo menos, R$ 3 bilhões da dívida da Dasa para a Ímpar, sendo R$ 3,85 bilhões o atual valor discutido. Além disso, não seriam todos os 15 hospitais da Dasa que fariam parte da transação e, sim, 12.

Além dos 15 hospitais -- entre eles o Hospital Nove de Julho e a rede Leforte --, a Dasa é dona das redes de medicina diagnóstica Alta e Delboni Auriemo e também é um ativo na mira do empresário Nelson Tanure. A companhia confirmou ter recebido documento de Tanure e seus assessores financeiros visando potencial combinação de negócios com a Alliança e também um aumento de capital em dinheiro da Dasa, sem que haja a aquisição do controle. A informação foi dada em reportagem desta segunda-feira do Broadcast, serviço de tempo real da Agência Estado.

"A companhia esclarece que não há qualquer decisão da administração da companhia a respeito do assunto", diz o comunicado.

Para quem decide. Por quem decide.

Saiba antes. Receba o Insight no seu email

Li e concordo com os Termos de Uso e Política de Privacidade

Raquel Brandão

Raquel Brandão

Repórter Exame IN

Jornalista há mais de uma década, foi do Estadão, passando pela coluna do comentarista Celso Ming. Também foi repórter de empresas e bens de consumo no Valor Econômico. Na Exame desde 2022, cobre companhias abertas e bastidores do mercado

Continua após a publicidade
Separada da Coty, Wella Brasil triplica crescimento e 'exporta' CEO

Separada da Coty, Wella Brasil triplica crescimento e 'exporta' CEO

No GPA, saem os franceses e chegam os chilenos? Casino negocia fatia com Cencosud

No GPA, saem os franceses e chegam os chilenos? Casino negocia fatia com Cencosud