Logo Exame.com
Breaking NewsFollow-on

Com follow-on ‘surpresa’, Inter quer até US$ 184 milhões

Em oferta inesperada, banco dos Menin quer aumentar liquidez na Nasdaq; guidance vem um pouco acima do consenso

Inter: Banco está avançando mais rápido que o esperado em seu plano 60/30/30, diz o CFO Santiago Stel (Inter/Divulgação)
Inter: Banco está avançando mais rápido que o esperado em seu plano 60/30/30, diz o CFO Santiago Stel (Inter/Divulgação)
Natalia Viri

Natalia Viri

16 de janeiro de 2024 às 23:09

Numa operação inesperada, o Inter anunciou agora a noite uma oferta de cerca de US$ 160 milhões em ações – considerando o preço de tela – e que pode chegar a mais US$ 24 milhões, caso haja demanda. Ao todo, seriam pouco mais de R$ 900 milhões para o caixa, cerca de 10% do valor de mercado do banco da família Menin.

Com a ação negociada a um múltiplo de 1,3 vez seu valor patrimonial e sem necessidade de levantar caixa para fortalecer seu balanço, o follow-on pegou o mercado de surpresa.

A empresa está sinalizando aos investidores que se trata de uma oferta “tática”, voltada para aumentar a liquidez do papel, que ainda é baixa na Nasdaq, apontam fontes ouvidas pelo INSIGHT.

Desde a listagem na bolsa americana há um ano e meio, a maior parte das negociações de Inter está concentrada no BDR, que negociou US$ 13,5 milhões em média nos últimos doze meses, enquanto o papel na Nasdaq a liquidez foi pífia, de US$ 2 milhões por dia.

Com a oferta, o índice de Basileia do Inter deve passar de 23,7% para impressionantes 27%. “É um nível muito alto e sem M&As no horizonte”, aponta o analista Eduardo Rosman, do BTG (do mesmo grupo de controle da EXAME) em relatório. Segundo ele, ainda que inesperada, a oferta pode abrir espaço para outros investidores que antes não podiam entrar no papel por conta da liquidez.

Junto com o follow on, o Inter lançou uma prévia dos resultados do quarto trimestre, que devem ser publicados oficialmente em fevereiro. Os números vieram acima do esperado pelo mercado. A sinalização foi de um lucro de R$ 150 milhões a R$ 155 milhões e de um ROE de 8% a 8,3% -- 4% e 23 bps a mais do que BTG projetava.

Nos últimos 12 meses, a ação do Inter subiu 92% e é negociada a US$ 5, com valor de mercado de US$ 2 bi.

O follow-on será precificado amanhã. Goldman Sachs e BofA Securities são os coordenadores globais.

Para quem decide. Por quem decide.

Saiba antes. Receba o Insight no seu email

Li e concordo com os Termos de Uso e Política de Privacidade

Natalia Viri

Natalia Viri

Editora do EXAME IN

Jornalista com mais de 15 anos de experiência na cobertura de negócios e finanças. Passou pelas redações de Valor, Veja e Brazil Journal e foi cofundadora do Reset, um portal dedicado a ESG e à nova economia.

Continua após a publicidade
Oncoclínicas vai levantar R$ 1,5 bi ancorada pelo Master – a R$ 13 por ação

Oncoclínicas vai levantar R$ 1,5 bi ancorada pelo Master – a R$ 13 por ação

The message from the business elite at China's largest tech fair

The message from the business elite at China's largest tech fair