Exame IN
Acompanhe:

Mente sã, corpo são: Gympass compra Vitalk para vertical de saúde mental

Um dos unicórnios brasileiros mais famosos, a Gympass conta hoje com mais de 3 mil clientes corporativos

Gympass: o unicórnio brasileiro, com operações em dez países, tem mais de 50 mil academias e 60 aplicativos parceiros (Divulgação/Shutterstock)

Gympass: o unicórnio brasileiro, com operações em dez países, tem mais de 50 mil academias e 60 aplicativos parceiros (Divulgação/Shutterstock)

G
Graziella Valenti

Publicado em 6 de abril de 2022, 14h00.

Última atualização em 7 de abril de 2022, 10h42.

A Gympass, plataforma de saúde e bem-estar, acaba de comprar a Vitalk, uma solução de suporte psicológico para pessoas em situações de estresse.  Ambos os negócios são focados na venda de serviços corporativos. Avaliada em US$ 2,2 bilhões em sua rodada série E, realizada em julho do ano passado, a Gympass é uma das startups brasileiras mais conhecidas, pela história de rápida expansão em solo nacional e em outros países — são mais de 10 que usam o aplicativo da companhia.

Inscreva-se no EXAME IN e saiba hoje o que será notícia amanhã. Cadastre-se aqui e receba no e-mail os alertas de notícias e das entrevistas quinzenais do talk show.

A Vitalk vem para fortalecer a Wellz, a plataforma de saúde mental da Gympass, sua nova vertical. Cada vez mais, a companhia quer completar sua oferta, que começou focada em atividade física, para todo espectro de serviços de bem-estar. "Com a Vitalk, trazemos uma experiência que antes não tínhamos, que é a combinação de inteligência artificial com uma jornada humana através de chatbots e conhecimento digital, complementando nossa forte base profissional", afirma João Barbosa, co-fundador do Gympass, em nota à imprensa.

Os valores da transação não foram revelados e os executivos não quiseram conceder entrevista. A Vitalk recebeu um aporte de R$ 24 milhões, em uma rodada Série A, liderada pela Vox Capital no segundo semestre do ano passado. A companhia tem 250 mil vidas na carteira, de 80 companhias clientes. A filosofia do negócio criado pelo canadense apaixonado pelo Brasil Michael Kapps é democratizar o acesso das pessoas ao suporte psicológico em momentos agudos e também de forma preventiva, por meio de inteligência artificial e com uma 'psicóloga virtual', a Vi. Além disso, a empresa também produz análises e acompanhamento da base de funcionários das companhias clientes.

Fundada em 2012 por Cesar Carvalho, Vinicius Ferriani e João Barbosa, a Gympass acumula hoje uma carteira com mais de 5.000 clientes corporativos, depois de registrar uma expansão relevante inclusive durante a pandemia. São mais de 50 mil academias plugadas à rede criada pelo trio. Ao longo dos últimos anos, comprou outras startups de saúde física, como a Trainiac, e também plataformas na Europa, como a Andjoy e 7Card. Em agosto de 2021 o Gympass atingiu 100 milhões de check-ins presenciais, desde seu lançamento em 2012, em mais de 3.500 cidades ao redor do mundo

A transação tem um fato curioso: a Valor Capital é acionistas de ambas as empresas. Foi a primeira investidora da Gympass e também participou da rodada semente da Vitalk, além de acompanhar na captação do ano passado. Entre os acionistas da Vi está também o family office da família Moll, dona da Rede D'Or de hospitais. A pandemia atraiu atenção de empresas e empreendedores para o setor de bem-estar. Dentro desse segmento, saúde mental tem sido um foco relevante de inovação.

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?
Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.