Investtools: fintech Vórtx investe em startup que ajuda a gerir R$ 122 bi

Com o investimento estratégico na startup, a fintech espera impulsionar sua atuação no backoffice do mercado de líquidos

A fintech Vórtx, que oferece infraestrutura para o mercado financeiro, acaba de investir na empresa carioca Investtools, que desenvolve soluções de tecnologia para mais de 40 gestoras brasileiras, somando mais de R$ 122 bilhões de ativos sob gestão.

O valor da transação não foi divulgado, mas a Vórtx fica com 20% de participação na startup e pode chegar a deter até 25% do negócio no futuro. O investimento acontece um mês depois de a fintech ter captado R$ 190 milhões com a gestora de private equity americana FTV Capital.

Fundada há 10 anos no Rio de Janeiro, a Investtools possui sistemas de gestão que ajudam gestoras como Oceana Investimentos e Leblon Equities a controlar o fluxo de ativos e a fazer checagem de antecedentes dos clientes. A empresa opera em um modelo de SaaS [software como serviço, na sigla em inglês] e tem mensalidades que variam de R$ 8.000 a R$ 30.000.

O negócio da startup é superavitário e cresce a uma taxa de 50% ao ano desde 2015. O investimento da Vórtx, então, vem para alavancar o crescimento da operação e aproveitar as sinergias dos negócios. "Hoje, as gestoras precisam contratar de forma separada o serviço financeiro e o tecnológico. Com a nossa nova parceria, vamos poder oferecer nosso produto dentro do portal da Vórtx", diz David Gibbin, presidente da Investtools.

Para a Vórtx, poder oferecer as soluções da startup na sua plataforma faz parte da sua estratégia de se tornar uma "AWS do mercado de capitais", oferecendo aos gestores uma solução completa para abertura e gestão de fundos.

“Esse já é a terceiro investimento da Vórtx nesse sentido, em 2019 adquirimos a Vorasys, antiga BCINf, integrando funcionalidades de enquadramento, precificação e risco na plataforma e, no começo desse ano, fizemos um investimento na Parfin, para integrar funcionalidades que viabilizam o investimento em criptoativos pelos seus fundos ou carteiras administradas”, diz Juliano Cornacchia, presidente e cofundador da Vórtx.

Lançada em 2016, a Vórtx possui mais de 50 clientes, entre eles Pátria e Credit Suisse, R$ 125 bilhões de de ativos sob custódia e um time com cerca de 160 funcionários. O faturamento anual exato não é divulgado, mas já ultrapassou a marca dos 100 milhões de reais.

Com a parceria com a Investtools, a empresa espera se consolidar no mercado de líquidos e ajudar a investida a entrar no de estruturados. “A indústria de fundos que estamos tentando revolucionar tem barreiras invisíveis. Todo dia uma asset nova surge, mas o backoffice é analógico. É como ter uma Ferrari correndo numa estrada de terra”, diz Cornacchia.

Qual é o futuro do dinheiro? Assine a EXAME e descubra.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.