Logo Exame.com
meios-de-pagamento

Augusto Lins, da Stone, é o sexto convidado do talk show do EXAME IN

O presidente e um dos fundadores da Stone, listada na Nasdaq desde 2018, fala sobre o desafio de empreender e a cultura de orientação ao cliente do negócio

Augusto Lins, presidente e um dos fundadores da Stone, durante talk-show do EXAME IN (Reprodução/Exame)
Augusto Lins, presidente e um dos fundadores da Stone, durante talk-show do EXAME IN (Reprodução/Exame)
GV

Graziella Valenti

3 de setembro de 2021 às 14:18

“Na Stone, todo mundo é provocado a conversar com o cliente para identificar oportunidades de melhorar a vida dele.” Essa fala  é de Augusto Lins, fundador da companhia de meios de pagamentos e soluções financeiras Stone. A companhia nasceu, segundo ele, porque viu no mercado que os clientes das empresas tradicionais do segmento de adquirência não estavam satisfeitos e que havia um espaço a ser explorado.

Augusto Lins é totalmente vidrado no cliente e construiu, ao lado dos demais fundadores da empresa, André Street e Thiago Piau, uma cultura com essa orientação. A Stone começou a operar em 2014, embora estivesse sendo gestada desde 2012. Foi em 2013, que ele deixou a posição de diretor comercial e de atendimento na Rede, antiga Redecard, para empreender e se jogar no universo das startups mesmo com uma sólida e bem-sucedida carreira como executivo dentro do grupo Unibanco e Itaú.

“Muita gente acha que empreender é um negócio bacana, que vai dar liberdade. Mas empreender é muito trabalho”. Lins é o sexto convidado do talk show EXAME IN. Na conversa, ele conta um pouco da cultura da companhia, de sua história e de seu jeito de gerir e de ver o mundo dos negócios: sempre pela lente do cliente.

Quem quiser assistir, basta se cadastrar para ter acesso à íntegra do papo com Augusto Lins e a todos os próximos, com antecedência. Quem é cadastrado, pode assistir 15 dias antes da abertura do conteúdo no Youtube.

A Stone vive um momento particularmente desafiador. Depois do enorme sucesso no segmento de meios de pagamento, que levaram a companhia, com cerca de sete anos, a ter uma base de clientes que ultrapassou 1 milhão ao fim de junho, está agora experimentando os percalços do mercado de crédito - em especial um recentemente regulado e cujas ferramentas ainda não estão azeitadas. O balanço do segundo trimestre trouxe um prejuízo de R$ 150 milhões, após uma baixa da ordem de R$ 400 milhões de créditos de qualidade duvidosa. Não fosse esse ajuste, que pega o balanço a partir de sua primeira linha, a companhia teria registrado, pela primeira vez, uma receita líquida superior a R$ 1 bilhão no intervalo de abril e junho. Mas é certo que a empresa está na rota de acumular receita trimestral bilionária.

Aqui nesse bate-papo com o EXAME IN, gravado antes do balanço do segundo trimestre, Lins veio falar sobre como a Stone conseguiu, com um exército de pessoas na ponta de frente, falando com o varejo nas ruas, se posicionar rapidamente nesse mercado, com destaque para sua atuação no Brasil profundo, ao lado do pequeno e médio empreendedor. Depois de atacar esse nicho, a companhia agora também acelera para atender o microempreendedor individual Acaba de lançar um aplicativo que permite que o cliente, que pode ser um CPF (não precisa ser CNPJ), o TAP TON, receba pagamentos por aproximação, sem precisar de uma leitora de cartão.

Com o lançamento da sexta conversa, a quinta — uma rara conversa com Fersen Lambranho, presidente do conselho de administração da GP Investimentos e da G2D — passa a ficar aberta ao público. Antes deles, já estiveram no programa, Abilio Diniz, Felipe Miranda e Eduardo Mufarej e a dupla de fundadores da OpenCo, Sandro Reiss e Rafael Pereira. Todas essas entrevistas anteriores estão abertas no canal da EXAME no Youtube.

Para ter acesso primeiro à íntegra das entrevistas, cadastre-se na newsletter e recebe o alerta com o link por email.

Com apresentação da jornalista Graziella Valenti, repórter especial e responsável pelo EXAME IN, o programa receberá grandes personalidades para um bate-papo descontraído sobre os principais desafios, aprendizados e oportunidades do mercado brasileiro em suas áreas de atuação.

O que é o EXAME IN

A estreia do programa vem para complementar a produção de conteúdos do EXAME IN, a butique digital de notícias de negócios da EXAME e que conta também com uma newsletter desde março do ano passado. Comandada por Graziella, a Newsletter tem o objetivo de fornecer acesso a informações sobre mercado de capitais, negócios, startups e macroeconomia em primeira mão.

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?
Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.

 

Para quem decide. Por quem decide.

Saiba antes. Receba o Insight no seu email

Li e concordo com os Termos de Uso e Política de Privacidade

Continua após a publicidade
Nubank entra em telecom. ‘Cisne roxo’ ou tiro na água?

Nubank entra em telecom. ‘Cisne roxo’ ou tiro na água?

CVC Capital Partners quer captar US$ 1,33 bilhão em IPO – se o Oriente Médio deixar

CVC Capital Partners quer captar US$ 1,33 bilhão em IPO – se o Oriente Médio deixar