A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Citi: Banco Pan deveria valer R$ 34,2 bi, com 46% da riqueza no digital

Os analistas avaliaram o potencial da operação digital do Pan e concluíram que somente ela deveria valer R$ 15,7 bilhões

O Banco Pan deveria valer R$ 34,2 bilhões na bolsa. Essa é a conta do Citi para o banco, após uma revisão do modelo. Em relatório divulgado no último domingo, os analistas avaliaram o potencial da operação digital do Pan, controlado pelo BTG Pactual (do mesmo grupo de controle da Exame), e concluíram que somente ela deveria valer R$ 15,7 bilhões. Há ainda mais R$ 18,5 bilhões da operação tradicional. A nova estimativa equivale a um preço-alvo de R$ 28 reais por ação, 40% mais que o calculado anteriormente (R$ 20) pelo Citi. 

Na bolsa, o banco está avaliado hoje, dia 9, em R$ 25,5 bilhões, com a ação pouco abaixo de R$ 21,50. A nova análise aconteceu depois que o Citi decidiu mudar seu modelo de avaliação do Pan, dividindo entre o modelo de negócios tradicional e o digital . “Com uma oferta de produtos cada vez melhor, adições rápidas de clientes e amplos mercados endereçáveis (poucos neo bancos visam os segmentos de média e baixa renda), observamos que as oportunidades para Pan estão agora em seu banco digital”, escrevem os analistas. 

EXAME IN, leia hoje o que será notícia amanhã. Cadastre-se grátis e receba tudo no e-mail

Mudanças nas divulgações de resultados do Pan, mostrando o engajamento dos clientes, também favoreceram a análise. No último trimestre, a instituição financeira divulgou que pelo menos 51% dos seus 8,4 milhões de clientes do banco digital são ativos. Os números se mantêm mesmo com um crescimento rápido na base de usuários: o banco recebe novos 40.000 usuários digitais por dia, o que resultou em 141 milhões de acessos no aplicativo no segundo trimestre e cerca de 700.000 cartões de crédito emitidos — um recorde.

"Embora tivéssemos gostado de receber informações adicionais sobre o verdadeiro engajamento de clientes, achamos os números impressionantes. Com uma grande base de clientes ativos apesar do rápido crescimento, acreditamos que o Banco Pan em breve se beneficiará de seu banco digital, especialmente porque a administração deve continuar a lançar novos produtos no segundo semestre deste ano", escreveram os analistas.

Para estipular o valor da operação digital, o Citi diz que analisou o potencial de quatro áreas do Pan: emissão de cartões, seguros, adquirência e marketplace. As duas maiores frentes, de adquirência e cartões, somadas, valem R$ 11,2 bilhões, especialmente pelas parcerias estratégicas feitas pelo Pan. Ao combinar essas áreas com a corretora de seguros (R$ 1,7 bilhão) e o marketplace (R$ 2,7 bilhões), a operação digital soma $ 15,7 bilhões. 

A projeção dos analistas do Citi é que o Pan chegue a 13,5 milhões de clientes até o final do ano.

Assine a EXAME e acesse as notícias mais importantes em tempo real.

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?
Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também