Pop

Por que não pode comer carne na Sexta-feira Santa? Entenda o simbolismo da data

Antonio Souza

28 de março de 2024 às 13:40

Foto: (sem legenda) (Getty Images/)

Nesta quinta-feira, 28, acontece o início das comemorações do Tríduo Pascal, data mais importante do calendário da Igreja Católica.

A Sexta-Feira Santa trata-se de um dia simbólico para religião, representando um dia de reflexão, penitência e luto para os religiosos.

Foto: Jesus Cristo (FooTToo/Thinkstock)

A Sexta-feira Santa é a data que marca a crucificação de Jesus Cristo e sua morte a cerca de 2.000 anos atrás.

Foto: (sem legenda) (Divulgação/Getty Images)

A Semana Santa celebra a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo com 5 dias de significado religioso para os cristãos: Domingo de Ramos, Quinta-feira Santa, Sexta-feira Santa, Sábado de Aleluia e Páscoa.

A origem da Sexta-feira Santa está intimamente ligada aos relatos bíblicos do Novo Testamento, especialmente nos Evangelhos, que narram os eventos que levaram à crucificação de Jesus.

Foto: Crucifixo com uma figura de Jesus Cristo (Wikimedia Commons/)

De acordo com a tradição cristã, Jesus foi traído por Judas Iscariotes, preso pelas autoridades romanas e judeus, e finalmente sentenciado à morte por crucificação pelo governador romano Pôncio Pilatos.

A abstenção de carne na Sexta-feira Santa é umaprática religiosa como forma de penitência e de identificação com o sofrimento de Cristo durante sua paixão e morte.

A tradição de não comer carne na Sexta-feira Santa remonta a séculos e tem suas raízes na interpretação das práticas de jejum e abstinência da Igreja Católica.

Leia mais