Pop

Constelação familiar: o que é a técnica que motivou nova tatuagem de Anitta

Da Redação

8 de julho de 2024 às 13:52

A cantora Anitta surpreendeu gerou polêmica ao revelar sua nova tatuagem, um desenho que representa o conceito de constelação familiar

Foto: Tatuagem feita por Anitta (Reprodução / Instagram/)

A tatuagem reproduz a silhueta de três pessoas, sendo que a do meio tem o desenho de um coração vermelho no centro, e um semicírculo de estrelas embaixo

Por que o tema gera tanta polêmica?<br /> <br /> É uma abordagem terapêutica desenvolvida pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger (1925-2019). O método busca identificar e resolver conflitos familiares que podem estar afetando a vida da pessoa, mas não tem respaldo científico

A prática consiste em sessões conduzidas por um terapeuta, onde os participantes representam membros da família do cliente. Esses representantes são posicionados de acordo com suas percepções e sensações, formando uma "constelação"

A teoria é regida pelas três "Leis do Amor": a Lei da Hierarquia, a Lei do Pertencimento e a Lei do Equilíbrio. Essas leis têm sido criticadas pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP)

Por que se tornou popular?<br /> <br /> Esse aumento na popularidade pode ser atribuído à busca crescente por métodos alternativos de terapia que abordem não apenas os sintomas, mas também as causas profundas dos problemas.

Constelação familiar no Conselho Nacional de Justiça (CNJ)<br /> <br /> O tema da constelação familiar foi discutido no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), especialmente no contexto de sua aplicação em processos judiciais<br /> <br />

Há preocupações de que a constelação familiar possa influenciar indevidamente as decisões judiciais ou que sua aplicação possa ser vista como uma imposição de uma abordagem terapêutica sobre os indivíduos envolvidos nos processos.