Vacinação em SP, impeachment de Trump, Ford deixa Brasil: o resumo do dia

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados, o Brasil e o mundo nesta segunda-feira, 11 de janeiro

No episódio de hoje, falamos sobre o início da vacinação contra a covid-19 em São Paulo, o novo processo de impeachment contra Donald Trump, o fechamento da Ford no Brasil e muito mais.

INVEST

Hapvida e NotreDame sobem até 40% após oferta de fusão. Ainda vale entrar?

As ações de Hapvida e NotreDame Intermédica dispararam pelo segundo pregão consecutivo nesta segunda-feira, 11: elas acumulam, respectivamente, valorização de 27,7% e 40,5% desde o fechamento de quinta-feira, a véspera do dia em que a oferta para fusão das duas empresas tornou-se pública. O movimento ocorreu na contramão do Ibovespa, que recuou 1,46% com a realizações de lucros por parte dos investidores.

Tombo de quase 1,5%: Ibovespa segue exterior e tem dia de realizações

O Ibovespa iniciou a semana em queda, em meio ao clima de realização de lucros no mercado financeiro global após as principais bolsas de valores alcançarem novos recordes na última sexta-feira, 8, quando a promessa de pacotes de “trilhões de dólares” feita por Joe Biden impulsionou novas altas. Na última semana, o Ibovespa fechou pela primeira vez acima dos 125.000 pontos – região perdida ainda nos primeiros negócios desta segunda-feira, 11. O índice encerrou o pregão em queda de 1,46%, aos 123.255 pontos.

 Gigantes de telecomunicações chinesas são excluídas dos principais índices de ações globais

A partir desta segunda-feira, as três maiores empresas de telecomunicações da China estarão fora de alguns dos principais índices acionários globais. O pregão de sexta-feira foi o último de China Mobile, China Telecom e China Unicom Hong Kong nos índices da MSCI — forte em mercados emergentes —, o que fez as ações das teles desabarem.

 

BRASIL

 Governo da Bahia foi pego de surpresa com fechamento de fábrica da Ford

 O governo da Bahia informou que foi avisado somente nesta segunda-feira, dia 11, sobre o fechamento da unidade da Ford no polo industrial de Camaçari, a 37 quilômetros de Salvador. Em nota, o governador Rui Costa destacou o impacto econômico do fechamento da fábrica na Bahia. A Ford deve demitir cerca de 5.000 funcionários em todo o país — suas três plantas de produção no Brasil terão as atividades encerradas.

 Pandemia deve segurar crescimento do PIB em 2% este ano, diz economista

 A evolução da segunda onda da covid no Brasil, com as cidades novamente batendo recordes de mortes e internações, deve manter a economia na corda bamba este ano, na avaliação do economista Rodrigo Zeidan, professor da New York University Shanghai, na China, onde mora, e da Fundação Dom Cabral. Zeidan acompanhou de perto as medidas de restrição do governo chinês à propagação do vírus e também vem dedicando atenção especial ao cenário sanitário e econômico brasileiro. “As previsões para o PIB já deveriam ter sido revistas em função da nova onda da covid”, analisa Zeidan em entrevista à EXAME. “Não há como crescer 3% em uma situação tão desafiadora”.

“Vacina é uma questão coletiva, não é individual”, diz Mourão

Em seu primeiro dia de trabalho do ano, o vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta segunda-feira, 11, que os esforços de imunização contra a covid-19 são uma questão “coletiva” e não individual. Recuperado da doença, Mourão reforçou que tomará o imunizante de acordo com o grupo prioritário em que se encaixa e “sem furar fila”.

 

MUNDO

 Gorilas de zoológico são diagnosticados com covid-19 nos EUA

 Pelo menos dois gorilas do zoológico de San Diego, na Califórnia, contraíram o coronavírus, o primeiro caso conhecido de transmissão natural a grandes primatas, anunciaram autoridades nesta segunda-feira (11).

 Presidente de Portugal é diagnosticado com covid-19

 O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, foi diagnosticado com o novo coronavírus, mas até agora não apresentou sintomas, disse seu gabinete na segunda-feira. O político de 72 anos está buscando um segundo mandato como presidente do país nas eleições de 24 de janeiro.

 EUA colocam Cuba novamente na lista de países patrocinadores do terrorismo

 O secretário de Estado americano Mike Pompeo anunciou nesta segunda-feira (11) que governo americano incluiu Cuba novamente na sua lista de países patrocinadores do terrorismo. Fazem parte dela a Coreia do Norte, o Irã e a Síria.

O #ExameAgora é o seu resumo diário de notícias aqui da EXAME, apresentado por Beatriz Correia e Victor Sena.

Notícias sobre
ATENÇÃO: Mudança na sua assinatura da revista EXAME. A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos apenas uma edição por mês. Saiba mais