Nubank compra Easynvest; vacina russa em outubro? o resumo do dia

O que você precisa saber hoje: confira vídeo com as principais notícias que mexeram com os mercados, o Brasil e o mundo nesta sexta-feira, 11 de setembro

MERCADOS

Ibovespa tem pior perda semanal em 17 semanas

A bolsa brasileira fechou em queda nesta sexta-feira, 11, após nova rodada de realização de lucros no mercado americano. Por aqui, a o movimento de baixa só não maior devido à forte valorização das ações da Vale, que subiu mais de 5% e liderou as altas do Ibovespa, principal índice da bolsa, que caiu 0,48% e encerrou em 98.363,22 pontos. Na semana, o índice caiu 2,84% – a maior perda semanal em 17 semanas. Já a moeda americana fechou em alta contra o real sendo negociado por 5,33 na venda. Pela manhã, a moeda americana abriu em queda, mas virou ao longo do dia com a piora das bolsas americanas, que sofreram mais um dia de perdas de ações de tecnologia. No exterior, o dólar se valoriza contra outras moedas emergentes, como a lira turca e a rúpia indiana.

____

Petz estreia em grande estilo na B3

As ações da rede de petshops Petz, que possui 110 lojas concentradas no sudeste do país, sendo 69 somente no estado de São Paulo, subiram 21,82% nesta sexta-feira em sua estreia na B3. Com as ações precificadas a 13,75 reais, sua oferta inicial de ações levantou 3,030 bilhões de reais, porém, 11,11% foi para o caixa da empresa. No mercado, há grande expectativa de consolidação da empresa no cenário nacional, tendo em vista a fragmentação do segmento, com uma série de empresas pequenas. A concentração das compras de produtos para pets em lojas especializadas também joga a favor da companhia.

____

Nubank compra Easynvest

O Nubank anunciou na manhã desta sexta a aquisição da corretora Easynvest.  Já em posição de destaque, o negócio representa a entrada do maior banco digital no país no aquecido mercado de investimentos, uma vez que a Easy é a maior corretora digital independente do mercado, com 1,5 milhão de clientes de mais de 20 bilhão de reais sob custódia. Apesar de não ter sido divulgado o valor da transação, o negócio será realizado por meio de pagamento em dinheiro e troca de ações.  Os acionistas da Easynvest vão receber ações do Nubank.

____

Metade das empresas que fizeram IPO neste ano está com ações no negativo

Das 12 empresas que fizeram oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), somente seis ainda são negociadas em alta — já contando com as da Petz. Das ações listadas há pelo menos um mês, cinco de oito acumulam queda, embora somente três tenham fechado o primeiro dia de negociação da bolsa com desvalorização. Uma das primeiras a abrir o capital neste ano, as ações da empresa de serviços industriais Priner disparou 31,7% no primeiro dia de negociação e chegaram a bater 21,46% de alta no pregão seguinte. Mas poucos sabiam que este seria o teto do preço em um longo período. Desde a máxima, os papéis já caíram 43% estão preços inferior ao da precificação no IPO.

___

BRASIL

Bolsonaro atinge 40% de aprovação

com um maior índice de popularidade entre as classes mais baixas, que receberam o auxílio emergencial, a aprovação ao presidente Jair Bolsonaro segue aumentando. Agora, está em 40%, maior nível desde fevereiro, antes do início da pandemia. É o que mostram os novos resultados de uma pesquisa exclusiva de EXAME/IDEIA. No início deste mês, a popularidade do presidente estava em 38%. No meio de agosto, o percentual era de 37%. A melhora nos índices de aprovação tem sido constante desde meados de agosto. A polarização, no entanto, se mantém alta: 40% dos brasileiros desaprovam o governo, a mesma porcentagem daqueles que se dizem satisfeitos com o trabalho do presidente. Outros 19% nem aprovam nem desaprovam o governo e 1% não souberam opinar.

___

Vacina russa pode chegar ao SUS em outubro, diz governo da Bahia

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), anunciou nesta sexta-feira, 11, a assinatura de um acordo com o Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF), o fundo soberano da Rússia, que prevê o fornecimento de 50 milhões de doses da vacina russa contra a covid-19. A intenção é iniciar os ensaios clínicos a partir de outubro com 500 voluntários, ainda durante a fase 3 de testes do imunizante. No entanto, o protocolo para validar a fase 3 dos estudos clínicos, com testes em humanos, depende ainda de autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

___

Greve dos Correios continua

Não houve acordo na audiência de conciliação desta sexta-feira, dia 11, entre os representantes dos trabalhadores e a empresa de entregas. A paralisação será julgada no próximo dia 21 no Tribunal Superior do Trabalho. O clima foi de tensão na audiência virtual de conciliação da greve dos Correios, que durou mais de 2 horas. Segundo informações dos sindicatos dos trabalhadores presentes à reunião, a direção dos Correios não apresentou uma contraproposta. A audiência, promovida pelo Tribunal Superior do Trabalho, começou às 15h desta sexta-feira, 11. A principal demanda da categoria é a manutenção do acordo coletivo firmado em 2019, com vigência prevista até 2021, que foi suspenso pelos Correios em razão da pandemia.

___

Taxa de desemprego fica em 13,2%

A taxa de desemprego no País foi de 13,2% na terceira semana de agosto, um leve recuo frente aos 13,6% da segunda semana do mês, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Covid (Pnad Covid-19), divulgados nesta sexta-feira, 11, pelo IBGE. A população desempregada foi estimada em 12,6 milhões de pessoas na semana de 16 a 22 de agosto, cerca de 300 mil a menos que o registrado na segunda semana do mês. Já o total de ocupados foi de 82,7 milhões no período, cerca de 600 mil a mais que o patamar da segunda semana do mês, quando havia 82,1 milhões de pessoas ocupadas.

___

MUNDO

Reino Unido assina com Japão o primeiro acordo comercial da era pós-Brexit

O Reino Unido anunciou um acordo de livre comércio com o Japão, o primeiro grande tratado comercial pós-Brexit, após uma semana de tensão com a União Europeia (UE) que provoca o temor de um fracasso da negociação decisiva. O Acordo de Associação Econômica Global entre Reino Unido e Japão foi objeto de um acordo de princípio entre a secretária britânica do Comércio Internacional, Liz Truss, e o ministro das Relações Exteriores do Japão, Motegi Toshimitsu, durante uma videoconferência. O pacto é baseado no acordo entre UE e Japão que entrou em vigor no ano passado, mas que deixará de ser aplicado ao Reino Unido a partir de 31 de dezembro, quando termina o prazo de transição pós-Brexit.

___

Biden e Trump estão empatados em intenções de voto na Flórida

Peça importante e decisiva na eleição presidencial dos Estados Unidos, as intenções de voto na Flórida registram um empate técnico entre os dois candidatos à Casa Branca. O democrata Joe Biden tem 48% das intenções de voto no estado e o republicano Donald Trump, 47%. Os indecisos somam 5%. Como a margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, não há como afirmar quem está na frente. Os dados são da segunda pesquisa exclusiva EXAME/IDEIA, projeto que une Exame Research, braço de análise de investimentos da EXAME, e o IDEIA, instituto de pesquisa especializado em opinião pública.

___

O que mudou depois do 11 de setembro?

Um dos episódios que mudou o século completou 19 anos nesta sexta-feira, 11. Os ataques de 11 de setembro de 2001, que mataram quase 3.000 pessoas nos Estados Unidos, desencadearam a “Guerra ao Terror” do governo americano e mudaram a conjuntura geopolítica mundial. Naquele dia, quatro voos comerciais que rumavam em direção aos Estados Unidos foram sequestradas por 19 membros da organização terrorista Al-Qaeda.

___

Israel sela acordo de paz com mais um país árabe

Um mês após o acordo histórico para normalizar as relações entre Israel e os Emirados Árabes Unidos, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, anunciou nesta sexta-feira, 11, outro acordo semelhante com o Bahrein, que foi descrito pelos palestinos como uma “facada nas costas”. Esse acordo torna o Bahrein o segundo Estado do Golfo e o quarto país árabe a estabelecer relações diplomáticas com Israel, depois do Egito em 1979 e da Jordânia em 1994. Os Emirados Árabes Unidos e Israel anunciaram a normalização de suas relações diplomáticas em 13 de agosto.

___

Notícias sobre
Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.