MAIS VÍDEOS com Karina Souza

MMX despenca; Caixa reduz juros; filho de Trump com covid: o resumo do dia

Tudo o que você precisa saber hoje: confira vídeo com as principais notícias que mexeram com os mercados, o Brasil e o mundo nesta quarta, 14 de outubro

No episódio de hoje, falaremos sobre a redução de juros da Caixa para financiamento habitacional, o aumento do preço dos iPhones antigos e muito mais.

MERCADOS

Ibovespa sobe e volta aos 99 mil após quase um mês; JBS dispara 9%

O Ibovespa subiu 0,84% nesta quarta-feira, 14, e encerrou em 99.334,43 pontos. A pontuação é a maior para um fechamento desde 17 de setembro, quando o índice ainda estava na casa dos 100.000 pontos. O movimento foi favorecido por alguma esperança sobre o andamento de pautas econômicas em Brasília, após sinalizações de que a reforma tributária pode ser votada pela comissão mista do Congresso até meados de dezembro.

Dólar sobe com pessimismo sobre pacote de estímulo nos EUA

O dólar subiu 0,34% nesta quarta-feira, 14, e encerrou sendo vendido a 5,598 reais, após o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, sinalizar que não haverá pacote de estímulos antes das eleições, em 3 de novembro.

MMX, de Eike Batista, despenca 50% depois de entrar no alvo do mercado

As ações da mineradora MMX sofreram um forte revés nesta quarta e fecharam em queda de 52,78%. Recentemente, os papéis da companhia ganharam os holofotes do mercado e acumularam alta de 1867% nos últimos cinco pregões. A disparada dos papéis teve início pouco após a empresa emitir um fato relevante em que informou sobre o pedido feito na Justiça para retomar a Mina Emma ao patrimônio.

UBS recomenda duas ações brasileiras em lista de mercados emergentes

O banco suíço UBS atualizou sua lista com 40 ações preferidas de empresas emergentes: são escolhas que apresentam potencial de crescimento no lucro por ação e exposição a áreas que a equipe de analistas do banco considera estratégicas. A nova lista conta com apenas duas companhias brasileiras, ambas do setor financeiro: o PagSeguro (PAGS), que está listado na bolsa de Nova York, e o Itaú Unibanco (sua ação preferencial, ITUB4).

BRASIL

Presidente do Banco Mundial diz apoiar programas de renda no Brasil

O presidente do Banco Mundial, David Malpass, afirmou hoje que apoia programas de transferência de renda no Brasil, e que a prioridade no momento deve ser “salvar vidas”, o que inclui medidas de isolamento social e outras prevenções, como o uso de máscara.

Bolsonaro diz que Brasil evitou o pior na economia graças a Guedes

Em cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Genômica e Saúde de Precisão, o Genomas Brasil, o presidente Jair Bolsonaro voltou ao discurso adotado desde que o Brasil foi atingido pela pandemia de covid-19: defendeu que não se pode “dissociar” a saúde e o cuidado com a vida das pessoas da economia.

Teste da vacina chinesa será concluído na sexta-feira, diz governo de SP

A última fase de testes para comprovar a eficácia e segurança da vacina contra a covid-19 será concluída até a próxima sexta-feira, 16, garantiu o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) em entrevista coletiva. Com este cronograma, o governo mantém a data prevista para o início da campanha de imunização, no dia 15 de dezembro.

Bolsonaro diz que dará voadora no pescoço de quem praticar corrupção

Depois de ter sido criticado por ter afirmado que, em seu governo, “a Operação Lava-Jato acabou”, Bolsonaro repetiu a frase para apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, ressaltando mais uma vez que isso em seu governo não haveria corrupção.

MUNDO

Exclusivo: dá para ser eleito nos EUA com 23% dos votos válidos

Mesmo com a liderança consistente de Joe Biden sobre o republicano Donald Trump, nada está definido. Uma pesquisa exclusiva feita pela Exame mostra que o peculiar modelo de votação americano, é a chave para entender por que isso acontece. De acordo com os dados apurados, é possível ser eleito presidente dos Estados Unidos com apenas 23% dos votos válidos – coisa rara na história.

Filho mais novo de Trump é diagnosticado com covid-19

O filho de 14 anos do presidente dos Estados Unidos Donald Trump, Barron, testou positivo para a covid-19, mas não apresentou sintomas, informou a primeira-dama Melania Trump. Ela disse que os sintomas do menino foram “mínimos” e que ela esperava retomar suas obrigações como primeira-dama “assim que possível”.

FMI se une a Powell e Lagarde em defesa da manutenção de estímulos

O Fundo Monetário Internacional (FMI) disse que mais gastos públicos serão necessários para completar a recuperação econômica após o impacto da pandemia de coronavírus. O FMI faz eco a presidentes de bancos centrais e líderes financeiros que pedem aos governos para deixarem de lado o temor das dívidas crescentes, ao menos por enquanto.

França decreta toque de recolher em Paris para frear 2ª onda de covid-19

O presidente da França, Emmanuel Macron, anunciou hoje que será decretado um toque de recolher noturno em nove cidades do país, incluindo Paris, por pelo menos um mês, diante de um novo aumento do número de casos de coronavírus. A medida deverá afetar quase um terço da população de 67 milhões do país.

#ExameAgora é o seu resumo diário de notícias aqui da Exame, apresentado por Beatriz Correia e Victor Sena

Notícias sobre
Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.