Como o risco de guerra entre EUA e Irã impacta o mercado financeiro?

¨Conhecido como "índice do medo", VIX chegou a subir cerca de 26% desde ataque norte-americano

O ataque norte-americano que matou o general Qassem Soleimani, um dos homens mais influentes do Irã, jogou doses de instabilidade no mercado financeiro e gerou revolta no Oriente Médio.

Consequentemente, o bom humor dos investidores deu lugar às dúvidas sobre uma possível guerra entre os dois países. Conhecido como “índice do medo”, o VIX chegou a subir 26% desde a ofensiva.

Bolsas do mundo inteiro sentiram os reflexos da tensão do Oriente Médio e entraram em movimento de queda, pondo em xeque o possível rali de início de ano.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.